Home > Notícias > No primeiro jogo de 2015, Tricolor vence o Vasco em Manaus

No primeiro jogo de 2015, Tricolor vence o Vasco em Manaus

(Inclui vídeo) Na noite desta sexta-feira (23), na Arena Amazônia, o São Paulo bateu o Vasco por 2 a 1 pelo Torneio Super Series em Manaus e deixou uma boa impressão para a torcida

No primeiro compromisso de 2015, Luis Fabiano e Souza marcaram e deram a vitória para o São Paulo diante do Vasco, com destaques para o versátil Michel Bastos, o Maestro Paulo Henrique Ganso, o capitão Rogério Ceni e o goleador Luis Fabiano.

O Tricolor bateu os cariocas por 2×1 e tirou qualquer possibilidade do rival conquistar o título, já que os vascaínos se despediram com duas derrotas em dois jogos. De quebra, o duelo ainda marcou a estreia de três dos seis reforços contratados para a temporada: Bruno e Carlinhos, que começaram como titulares, além de Thiago Mendes que entrou durante o jogo.

Para o jogo desta noite, o Tricolor não pôde contar com Breno, Daniel, Paulo Miranda, Rodrigo Caio e Ademílson e Auro. Dessa forma, a time comandado por Milton Cruz começou o jogo com Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos; Denílson, Souza, Michel Bastos e Paulo Henrique Ganso; Alan Kardec e Luis Fabiano.

No primeiro minuto do duelo, Paulo Henrique Ganso acionou Carlinhos na esquerda e lateral cruzou na cabeça de Michel Bastos, que acertou a trave esquerda de Martin Silva! Foi a primeira chegada do Tricolor. Os cariocas responderam, aos 7, mas o M1TO demonstrou habilidade para fazer uma grande a defesa.

VEJA AQUI OS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA

O JOGO

Para não deixar os vascaínos gostarem do jogo, o time são-paulino tratou de contra golpear aos 8 minutos. Ganso fez belo passe para Michel Bastos, que tentou tirar do goleiro rival, mas não conseguiu balançar as redes.

Aos 10, após toque do Maestro, Bruno cruzou da direita para Luis Fabiano, que ajeitou para Michel Bastos, o meia dominou e bateu rasteiro, no canto esquerdo de Martin Silva, que voou e mandou para escanteio. E, de tanto insistir, o São Paulo tirou o zero do placar. Na primeira chance do Fabuloso, o camisa 9 não desperdiçou e seu marcou o seu 199º gol pelo clube.  Ficando a 43 gols de passar Seginho Chulapa como maior artilheiro do clube.

O gol fez o Vasco se lançar ao ataque e exigir bastante do capitão são-paulino, que praticou boas defesas. O São Paulo não conseguiu evitar que o adversário equilibrasse o jogo. O ritmo da partida tinha diminuído quando o vascaínos deixaram tudo igual com Montoya, aos 21 minutos, após contra-ataque, e fecharam o marcador do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Na volta para a segunda etapa, o Tricolor tratou de pressionar e retomar as ações do embate. Aos 8, Luis Fabiano recebeu na intermediária e tocou para Carlinhos, que foi fundo, cortou para dentro e, de pé direito, bateu à esquerda da meta vascaína, com perigo. O susto fez os cariocas cadenciarem a partida e deixar o confronto mais parelho.

Ainda assim, brigador e com muito apetite, o Fabuloso quase ampliou aos 18. Bruno deu belo passe para Luis Fabiano que, dentro da área, chutou e foi travado pela defesa do Vasco. O atacante não desistiu, dominou, e bateu cruzado, à direita de Martin Silva, rente a trave. Para manter o ímpeto da equipe, Milton promoveu a entrada de Thiago Mendes na vaga de Michel Bastos e, assim, deu mais força ao lado direito.

O amistoso era mormo quando a arbitragem expulsou o zagueiro Rafael Toloi, aos 30. Sem acusar o golpe ou atuar de forma mais defensiva, o São Paulo balançou as redes no lance seguinte. Ganso cobrou falta, Souza subiu sozinho e testou firme, no canto esquerdo de Martin Silva: 2 a 1 e placar final, em Manaus! Thiago Mendes, já nos instantes finais, ainda carimbou a trave e levantou a torcida antes do término da partida.