in

Muitas chances, nenhum gol

Joinville e São Paulo criam boas chances de gol, mas nenhuma entra. Jogo termina 0x0

Um jogo muito bom na Arena Joinville. Os mandantes começaram bem e foram pra cima, mas deram espaços para o São Paulo que não abriu o placar pro pouco. Pato e Michel Bastos tiveram ótimas chances. O Joinville respondeu com perigo e mandou duas bola na trave.

Com esse empate o São paulo está (por enquanto) no G-4 e o Joinville segue na zona de rebaixamento do Brasileirão.

O tricolor paulista volta a campo no sábado (totalmente desfalcado) contra o Inter no Morumbi, às 19h30.

O jogo

A partida não foi lá essas coisas. Muitos passes errados e árbitragem horrível, mas por outro lado, não sobrou emoção, mesmo com o resultado de 0x0.

O Joinville tomou a iniciativa e foi pra cima do São Paulo que soube conter a “emoção” dos mandantes e tomou  o controle do jogo. Com isso, os comandados do colombiano Osorio foi quem chegou pela primeira vez com perigo. Aos 15 minutos, Ganso tocou para Alexandre Pato, que tentou o drible em Bruno Aguiar que conseguiu fazer o desarme na hora H. Aos 19, Pato fez linda jogada pela esquerda e cruzou na direção de Ganso, o meia não alcançou, mas Wilder chegou com tudo e soltou uma bomba no travessão do goleiro Agenor.

Armado para surpreender no contra-ataque, o Joinville quase fez em chute de Fabrício, de fora da área aos 20. Depois disso, Renan Ribeiro foi acionado duas vezes e em uma delas fez excelente defesa e salvou o SPFC.

A partir daí, tudo indicava que o primeiro tempo iria acabar sem mais nenhum lance de perigo, até que o Joinville carimbou a trave do São paulo e na sequência, Michel Bastos recebe a bola e sai na cara do goleiro. O meio campista tricolor poderia tocar para Alexandre pato, mas preferiu arriscar e mandou para fora. Fim do primeiro tempo. Joinvilo 0x0 São Paulo.

1

Segundo tempo

O Joinville voltou mais ligado do que o São Paulo. Foi para o ataque e assustou a defesa tricolor. Só que, mais uma vez, faltou pontaria. Depois de levar uma pressão, o time de Juan Carlos Osorio deu a resposta após boa jogada de Bruno pela direita que acabou em conclusão de Ganso. Agenor defendeu.

Os dois times diminuíram um pouco o ritmo. Mas um lance incrível aos 23 minutos reanimou a partida. Edigar Junio acertou a trave de novo. Na sobra, Kempes bateu forte e quase complicou Renan Ribeiro. O goleiro do São Paulo caiu mal para fazer a defesa e por pouco não falhou. A partir daí, o jogo ficou nervoso. Reclamações e faltas mais duras dos dois lados.

Para tentar mudar o placar, Osorio colocou Daniel e Centurión. O primeiro teve boa chance ap+os passe do argentino. Daniel saiu frente a frente, arriscou belo chute, mas a bola foi desviada para escanteio.

Depois disso, o Joinville teve uma oportunidade clara com Junior que mandou pela terceira vez a bola na trave e no rebote marcelinho Isolou.

O tricolor paulista tentou segurar um pouco mais a bola e Pato perdeu boa chance para abrir o marcador. Na sequência, o Joinville teve mais uma boa chance e Renan Ribeirou fez ótima defesa.

Mas a melhor parte do jogo estava por vir. No último minuto da partida, ganso tocou de cabeça para pato (sozinho) chutar para o gol. O goleiro Agenou fez ótima defesa e o jogo terminou com o marcador “virgem”.

Com 35 pontos, o São paulo está no G-4 e sábado enfrenta o Inter no Morumbi.

https://www.youtube.com/watch?v=r-kjXn6QYW4

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara