Mesmo não jogando, Aderllan se torna exemplo no Tricolor

Sem ser a primeira opção da zaga são-paulina, Aderllan, que veio emprestado pelo Valencia, se torna exemplo no clube por motivar outros jogadores

Aderllan chegou no Tricolor em julho do ano passado, no meio do Campeonato Brasileiro. Ele veio emprestado do Valencia.

Até agora ele só disputou cinco partidas e não soma nem sequer 200 minutos em campo pelo Tricolor, mas conseguiu se tornar exemplo no clube. Isso se deve à postura no dia a dia. Aderllan nunca reclamou de ser reserva e muitas vezes não ser relacionado.

Pelo contrário, o zagueiro se dedica sempre nos treinos e ainda tenta motivar outros jogadores com pouco espaço.

LEIA MAIS:
+ Muricy Ramalho comenta sobre Tricolor com três zagueiros 
+ Lucas Perri na mira do Roma

O jogador já se declarou são-paulino e demostra isso desde que chegou no clube. Aderllan não trocou as primeiras camisas que usou para poder realizar o sonho de infância, quando não tinha dinheiro para comprar um uniforme do Tricolor, e arrancou pedaço de grama do Morumbi quando estreou no estádio.

Quando está no banco de reservas, torce e vibra com cada lance do time em campo.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *