Memória São Paulina – José Poy

Nessa semana nós relembramos a história de Poy que foi vitorioso pelo Tricolor tanto como goleiro quanto como técnico.

José Poy nasceu em 11/04/1926 em Rosário na Argentina e aos 22 anos iniciou sua carreira no Rosário Central, time tradicional da cidade e do país. O goleiro hermano não faria história nas “canchas” argentinas e marcaria seu nome mesmo no Tricolor anos mais tarde.

Em 1948, José Poy chegava ao Tricolor para ser reserva do goleiro Noronha e só assumiria a titularidade dois anos mais tarde, após o São Paulo faturar os Campeonatos Paulistas de 1948 e 1949, fora os outros 3 títulos paulistas conquistados naquela década.

Poy estreou pelo Tricolor no dia 14/06/1949 e após assumir a meta são paulina, o goleiro mostrou para que veio com atuações seguras. O objetivo do clube de construir o Estádio do Morumbi frustrou as conquistas na década de 50, mas o arqueiro sempre teve o grande apreço da torcida e dos dirigentes tricolores na época.

O camisa 1 foi essencial para que o projeto do Morumbi fosse concretizado, o goleiro vendeu milhares de cadeiras cativas que eram fontes de renda para a construção do estádio e também fez parte do marketing do clube durante o processo em que o Estádio Cícero Pompeu de Toledo era erguido. Como honraria, Poy foi o primeiro a pisar no gramado do Morumbi no amistoso de estreia contra o Sporting Lisboa (PORT) em 02/10/1960.

Com a camisa Tricolor, Poy disputou 525 jogos (298 vitórias, 108 empates, 119 derrotas com aproveitamento de 63,61%). Dado como um dos ídolos do clube, Poy vestiu a camisa são paulina até 1962 quando se aposentou dos gramados.

Dois anos mais tarde José Poy retornava como técnico e entre muitas idas e vindas à frente do comando técnico Tricolor (de 1964 – 1984 foram 5 passagens), o treinador argentino acumulou bons resultados, se tornando campeão paulista de 1975 e os vice-campeonatos brasileiros de 71 e 75, além do vice da Libertadores de 74 e o vice-paulista de 82.

+ Relembre a história de Maurinho, o jogador que humilhou no Majestoso na final do Paulistão de 48. Confira!

O último clube a treinar foi o XV de Jaú, nas últimas partidas já muito debilitado, Poy dirigiu a equipe sobre uma cadeira de rodas e também tem o valor da torcida até hoje. O ex-goleiro faleceu em 08/02/1996 aos 69 anos em São Paulo-SP.

Veja a galeria de fotos do ex-jogador (clique na imagem para ampliar):

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *