Home > Destaques > Memória São-Paulina – Fernandão

Memória São-Paulina – Fernandão

O nosso quadro relembra nesta semana a história do atacante Fernandão, ídolo de várias torcidas

Fernando Lúcio da Costa nasceu em 18 de março de 1978 em Goiânia-GO, mais conhecido pela torcida brasileira por “Fernandão”, o garoto goiano iniciou sua trajetória no maior clube do estado, o Goías, em 1995 quando chegou ao profissional do time esmeraldino.

Apesar do seu faro de artilheiro, Fernandão não começou sua carreira como atacante, mas sim como meio-campista. Em 6 temporadas defendendo o Goiás, o meia se destacou erguendo cinco campeonatos goianos, duas Copas Centro-Oeste e ainda um título de campeão da série b do Campeonato Brasileiro.

Destaque do time com 108 gols marcados em 271 partidas, Fernandão foi parar na Europa para defender as cores do Olympique de Marseille (FRA) em 2001. Três anos depois foi emprestado ao também francês Toulouse e por lá iniciou sua carreira na função de atacante, devido a grande técnica de finalização e cabeceio.

Fernandão ficou pouco tempo no Toulouse e retornou ao Brasil para jogar pelo Internacional. De cara, marcou o milésimo gol na história do Gre-Nal e logo caiu nos braços da torcida colorada, digno de placa no Beira-Rio.

Foi em 2006 que o camisa 9 do Internacional teve sua melhor temporada, infelizmente diante do Tricolor pelo qual defenderia anos mais tarde, Fernandão colocou de vez seu nome na história ao marcar um gol e dar uma assistência na final da Libertadores, pelo qual o Tricolor buscava o Tetra e ainda defendia o título do ano anterior.

Aclamado pelos torcedores gaúchos, Fernandão ergueu como capitão não só a Libertadores como o Mundial naquele ano, batendo o Barcelona (ESP) na final. Sua trajetória no Internacional terminaria em 2008, com 190 jogos e 77 gols e ainda com o título de ídolo e com uma partida disputada pela Seleção Brasileira.

Com rápida passagem pelo Al-Gharafa do Catar, Fernandão voltou ao Brasil no ano seguinte para defender novamente o Goiás por uma temporada. Em 6 de Maio de 2010, Fernandão era anunciado como o mais novo atacante do São Paulo, no primeiro jogo só não fez chover no Morumbi, logo em um duelo decisivo diante do Cruzeiro pelas quartas de final da Libertadores, na partida, Fernandão deu uma cavadinha para Marlos só rolar a bola para Dagoberto abrir o placar no Mineirão. Mais tarde, com um belo passe de calcanhar para Hernanes e o gol que determinou o placar!

Ironicamente, o primeiro gol do atacante pelo Tricolor foi diante do Internacional no Beira-Rio, quando vencemos por 2 x 0. No São Paulo, ficou até o meio de 2011, quando rescindiu seu contrato em um acordo com a diretoria. No Tricolor marcou 8 gols em 39 jogos e acabou pendurando as chuteiras logo após sua saída, totalizando 650 jogos na carreira com 225 gols marcados.

+ Relembre a história do goleiro Alexandre, falecido em um acidente de carro.

Em 2012 assumiu o comando técnico do Internacional, mas com baixo rendimento, acabou sendo demitido. Fernandão atuava como comentarista esportivo do canal Sportv quando em 7 de junho de 2014, o ex-atacante foi vítima de um acidente aéreo de um vôo de helicóptero na cidade de Aruanã-GO, levando a óbito todos os cinco tripulantes.

Veja fotos da carreira de Fernandão (clique na imagem para ampliar):