Memória São Paulina – Bauer

Conheça a história de Bauer um volante que marcou época no São Paulo e no futebol brasileiro.

José Carlos Bauer nascido em 21/11/1925 em São Paulo-SP foi simplesmente um dos grandes volantes da metade do Século XX no futebol brasileiro com ilustre passagem pelo Tricolor.

Filho de suiço com mãe brasileira, Bauer como era chamado, iniciou sua trajetória no futebol pelo São Paulo onde em 1942 aos 17 anos conquistou o seu primeiro título com o manto Tricolor ainda na categoria juvenil.

Mais tarde em 1944 o jovem Bauer integrava o esquadrão Tricolor para atuar ao lado de Noronha e Zarzur no elenco principal. Um volante que sabia colocar a bola nos pés e sair jogando com classe, algo na época que era artigo de luxo apenas para atacantes e médio-ofensivos.

Bauer logo ganhou destaque e na Copa de 1950 (disputada no Brasil), o volante foi um dos poucos jogadores que não integravam os clubes cariocas e que foi convocado para o torneio das seleções, com incríveis atuações, sobre o gramado do maior estádio carioca foi apelidado de “Monstro do Maracanã”!

Apesar da derrota na final para o Uruguai, Bauer ainda disputou o mundial de 1954 com a camisa amarelinha, o jogador vestiu por 29 oportunidades a camisa da seleção brasileira e levou para casa o troféu de campeão sulamericano em 1949 e o Panamericano de 1952, sendo o último como capitão.

Bauer integrou outra linha muito saudosa do São Paulo ao lado de Ruy e Noronha, disputando ao todo 400 jogos pelo clube e balançou as redes em 18 oportunidades. Em 1954 seguiu sua carreira no Botafogo-RJ e se despediu dos gramados em 1958 quando defendia a camisa do São Bento-SP.

Bauer também foi técnico de futebol até 1975 e um fato curioso é que em 1960 o treinador ficou vislumbrado com a categoria de Eusébio quando o jogador atuava no Moçambique e chegou a indicar ao São Paulo, mas a diretoria não quis contar com o jogador, pois estava focada nos gastos com o Morumbi e mais tarde Eusébio se destacaria no Benfica-PORT com o mesmo treinador que Bauer indicou na época pelo São Paulo.

+ Relembre a história de Roberto Dias, o zagueiro mais temido de Pelé. Confira!

Bauer faleceu em 04/02/2007 na capital paulista.

Veja a galeria de fotos do atleta (clique na foto para ampliar):

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *