M1TO X RIVER – ESTREIA E REENCONTRO

Estreia de Ceni diante do River Plate (ARG) relembra disputas entre o técnico e os hermanos

O primeiro teste do técnico Rogério Ceni será nesta quinta-feira pela semifinal da Florida Cup, em duelo diante do River Plate (ARG) o novo técnico do São Paulo poderá ser observado pela primeira vez pela torcida, sendo que até o momento apenas dois jogos treinos foram realizados na IMG Academy, o primeiro contra o Sarasota e vitória por 9 x 1 e o segundo diante do Boca Raton por 9 x 2.

Entretanto, os hermanos da capital argentina são velhos conhecidos do M1TO.

A segunda partida profissional de Rogério pelo São Paulo foi justamente contra o River Plate na disputa do Torneio Santiago de Compostela na Espanha em 1993, quando o jovem goleiro de 20 anos se destacou pegando a última cobrança das penalidades dos pés de Corti, após terminar a partida em 2 x 2 no tempo normal.

Este foi o primeiro título da carreira de Ceni (em sua segunda partida), a estreia foi no jogo anterior pelo Torneio Santiago de Compostela na Espanha, diante do Tenerife (ESP), vencido por 4 x 1.

Acima, Toninho Cerezo agradece Rogério pela defesa do pênalti em 1993. Foto: Arquivo/saopaulofc.net

Em 1997, Supercopa da Libertadores, Rogério encarava novamente o River Plate, mas nessa ocasião disputou somente o primeiro jogo que terminou com o placar zerado no Morumbi, na volta o agora titular no profissional, teve que cumprir a convocação para a seleção brasileira e o Tricolor foi desclassificado na Argentina, substituído por Roger.

Resultado de imagem para ceni river 2005

No terceiro encontro, semifinal da Sul-Americana em 2003, o São Paulo perdeu o jogo de ida no Monumental de Nuñez por 3 x 1 e reverteu no Morumbi por 2 x 0, mas nos pênaltis os argentinos foram perfeitos e ficaram com a vaga na final.

No final da partida, houve um quebra-quebra, que é lembrado por torcedores das duas equipes até hoje, inclusive para nós são-paulinos que nos recordamos sempre da frase de Luís Fabiano “Entre brigar e bater o pênalti, eu prefiro ajudar na briga”.

Ceni cobrando falta diante do River Plate pela Sul-Americana de 2003. Foto: Divulgação

+ Leco promove estratégia para trazer Calleri de volta ao Tricolor. Confira!

O quarto e último duelo talvez seja o mais marcante, na semifinal da Libertadores de 2005 o São Paulo encarou os argentinos novamente e lá estava Rogério Ceni. Vitória por 2 x 0 no Morumbi, com direito a gol do goleiro-artilheiro de pênalti para fechar o placar diante de muita festa da torcida. Já na casa do River, novo triunfo são paulino, agora por 3 x 2.

Em 2005, Ceni no gol do lado do São Paulo e Gallardo no meio de campo do time argentino, nesta quinta-feira – dia 19/01, ambos frente à frente agora como treinadores de suas respectivas equipes no Estádio de Al Lang em St. Petersbourgh (EUA).