Home > Destaques > Porto aumenta proposta por Militão e cria indecisão no tricolor

Porto aumenta proposta por Militão e cria indecisão no tricolor

Segundo Jorge Nicola, o clube português aumentou sua proposta pelo jovem talento tricolor, porém cúpula do São Paulo continua indecisa

A informação que Éder Militão iria deixar o São Paulo após o clássico contra os gambás, foi destaque nos principais veículos de notícias nos últimos dias. Isso ocorreu após uma suposta entrevista do pai do jogador, onde ele afirmava que o majestoso seria o último jogo do jovem.

Porém, logo após a vitória no clássico, os dirigentes são-paulinos fizeram questão de negar qualquer acerto pela saída de Militão.

Hoje, no programa BB Debate, do canal ESPN Brasil, o jornalista Jorge Nicola disse que segundo o que ele apurou dentro dos bastidores são-paulino o tricolor recusou a primeira proposta pelo jogador, que era de R$ 18 milhões para a liberação imediata.

Entretanto, Nicola informou que o Porto melhorou a primeira proposta e isso mexeu com a diretoria tricolor, que vive uma grande indecisão sobre o caso. A segunda proposta consiste nos mesmos 18 milhões de reais, mas, agregado a 10% do valor de uma futura venda.

A indecisão da diretoria do São Paulo é a seguinte: Liberar o jogador imediatamente e receber um valor considerável por isso, mas perder força na briga por títulos em 2018 ou ficar com o jogador até o fim do ano e manter a força do elenco, mas perder o jogador de graça ao fim do contrato.

E você torcedor são-paulino, o que faria?