Igor Vinícius fala sobre permanência no São Paulo e possível vinda de Daniel Alves

Igor Vinícius é o único lateral-direito de ofício no elenco do São Paulo. Ele foi escalado como titular pelo técnico Cuca contra Chapecoense (4 a 0) e Fluminense (2 a 1), depois de Hudson conversar com o treinador e dizer que preferia atuar como volante.

O jogador vê com naturalidade a procura do São Paulo por mais um lateral-direito, já que o o elenco só conta com ele na posição. Hudson, Tchê Tchê e até Walce já foram improvisados neste setor. 

“Acho normal. Tem dois laterais esquerdos e um lateral-direito, o Bruno Peres saiu (está liberado pelo clube para se transferir). É normal em um time grande como o São Paulo, tem de ter dois laterais para disputar”, disse o jogador. 

E completou: “Tenho um relacionamento muito bom com Hudson. É um cara que me ajuda bastante e dá conselhos dentro de campo. Acho que como lateral ele também é ótimo. Quem o professor achar que tem de jogar… Como estou tendo a oportunidade, espero continuar nessa sequência para provar a cada dia que tenho condição de vestir a camisa e ajudar o time.”

Para conseguir ficar no São Paulo, Igor Vinícius busca melhorar defensivamente. O lateral diz saber dessa necessidade e afirma ter conversado com Cuca e o auxiliar Cuquinha sobre o assunto.

“É algo sim que tenho de trabalhar, como também tem de trabalhar a parte ofensiva para aprimorar mais. Mas é algo que desde a parada para a Copa América já estão conversando muito comigo. O Cuquinha nos jogos-treinos às vezes fica próximo orientando o meu posicionamento. Tenho sentido, sim, uma evolução nessa parte “, acrescentou 

Igor também falou sobre as especulações de Daniel Alves chegar no Tricolor. Questionado sobre como seria dividir vestiário com Daniel Alves, caso a contratação aconteça, ele disse:

“Primeiro que vai ser uma honrar poder estar dividindo vestiário com esse cara. Segundo que vou aprender muito. Sou novo. Ele ganhou tudo na vida. É um cara com o qual vou poder aprender ainda mais. Seria um cara que eu ficaria do lado, observando a batida na bola e o posicionamento para aprender mais”, falou. 

“É isso (sobre se inspirar em Daniel Alves), porque é o cara que é referência no mundo inteiro, com mais títulos no futebol hoje. É referência dentro e fora de campo. É um cara que é exemplo. Tento acompanhar os jogos dele para pegar posicionamento, característica”, afirmou. 

Emprestado pelo Ituano com opção de compra até dezembro ao São Paulo, Igor Vinícius diz querer mostrar regularidade para ficar de forma definitiva.

“Desde que cheguei levo isso como objetivo. Mas já disse outras vezes que tenho de procurar ser o mais eficiente possível e aproveitar as chances nessa sequência, ter uma regularidade de jogos e atuações. Não adianta jogar vários jogos no primeiro semestre e nenhum no segundo. Procuro ter essa regularidade e provar que tenho condição de renovar e fazer história com essa camisa”, finalizou. 

Foto: Gazeta Press
Fonte: Globoesporte.com