Home > Destaques > “Ídolos não param, entra, pra história!”

“Ídolos não param, entra, pra história!”

São Paulo usa suas redes sociais para homenagear Kaká e deixa as portas abertas para o ídolo após sua aposentadoria

Com o fim do contrato entre Kaká e o Orlando City cogitou-se a contratação do ídolo para utilizá-lo em campo, na próxima temporada, mas o meia anunciou sua aposentadoria, aos 35 anos de idade. E através das redes sociais oficiais do clube, agradeceu e deixou as portas abertas para o jogador formado na base do clube que se tornou melhor jogador do mundo em 2007.

Obrigado, Kaká! O São Paulo será sempre sua casa e estará de portas abertas para você”, foi a mensagem postada no site oficial da equipe. Após o ídolo anunciar sua aposentadoria no domingo (18).

“Quando param de jogar, ídolos não se aposentam, entram pra história. Mais que gols e títulos, o que fica é o legado de dedicação, profissionalismo e carinho. Obrigado por ter feito parte de momentos tão especiais. As portas da sua casa estarão sempre abertas, Kaká. Obrigado, Kaká”, escreveu o clube em seu Twitter.

Torcedores pediram a membros da diretoria, que o clube tentasse aproveitar Kaká de alguma maneira.

Atualmente, Raí é diretor executivo, após aceitar o convite, e está lhe dando com a situação do Lugano, que não vai continuar atuando como jogador e ainda não decidiu se vai se aposentar.

LEIA MAIS

+ Empresário de Hudson dá ultimato ao Cruzeiro

+ Capitão do Tri da Copa RS, defensor festeja e analisa conquista

Formado nas categorias de base do Tricolor, Kaká tem duas passagem pela equipe profissional (de 2001 a 2003 / o segundo semestre de 2014). Conquistou o Torneio Rio-São Paulo de 2001 na qual fez os dois gols da final contra o Botafogo. Foi vice-campeão brasileiro de 2014 e foi semifinalista da Copa Sul-Americana do mesmo ano. Foram 155 jogos, 82 vitórias, 40 derrotas, 33 empates e 51 gols marcados.

Ele disputou três Copas do Mundo (2002, 2006 e 2010) foi campeão em 2002. Venceu as Copas das Confederações de 2005 e 2009. Atuando pelo Milan-ITA, venceu a Liga dos Campeões, a Supercopa da Europa e o Mundial de Clubes em 2007. O Campeonato Italiano e a Supercopa da Itália de 2004. Pelo Real Madrid foi campeão da Copa do Rei, em 2011. Foi campeão do Campeonato Espanhol e da Supercopa da Espanha em 2012. E encerrou a carreira no Orlando City, dos Estados Unidos.

Foto: saopaulofc.net