Home > Destaques > Hudson: “Estamos numa crescente”

Hudson: “Estamos numa crescente”

O volante, que vem muito bem no time titular, falou sobre o atual momento da equipe e o que o grupo de Diego Aguirre busca nessa temporada

Emprestado para o Cruzeiro na temporada passada, onde foi muito bem, Hudson voltou ao Tricolor no começo do ano e começou na reserva. 

Mas aos poucos o volante foi mostrando, nas oportunidades que teve na equipe titular, que merecia o seu lugar nos 11 que começam os jogos. Resultado: está indo muito bem e ajudando demais o Tricolor no meio de campo. 

Hudson falou sobre as dificuldades no começo da temporada, a recuperação, a titularidade e as pretensões do São Paulo.

Você se considera titular do São Paulo atualmente?

“No São Paulo não acredito em titularidade absoluta. Temos um grupo forte, principalmente na minha posição, que tem jogadores do mesmo nível, com algumas características diferentes só”. 

O quanto a lesão muscular do ano passado atrapalhou seu começo de temporada?

“Muito mais do que esperava. Dos jogos deste ano (15), acredito que os últimos cinco eu tenha jogado sem dor alguma no adutor da coxa direita, que foi onde eu tive a lesão”. 

Até onde você acha que o São Paulo pode chegar este ano? 

“O São Paulo já cresceu muito em produtividade e como equipe também. Temos o que evoluir ainda claro, mas estamos numa crescente. Se não perdemos muitos jogadores na janela do meio do ano, e conseguirmos nos reforçar um pouco, acredito muito que estaremos sempre brigando na ponta de cima da tabela”. 

A união do grupo está visível. Esse pode ser um diferencial para ir mais longe? 

“A união é primordial no sucesso de uma equipe, e isso tem nos ajudado muito este ano no São Paulo. Todos com o mesmo pensamento, e cada um protegendo um ao outro e dando suporte tanto dentro quanto fora de campo. As coisas tendem a fluir mais naturalmente. Como vitórias e sequência delas”. 

Foto: Maurício Rummens / Estadão Conteúdo