Home > Destaques > Hernanes pode deixar marca de Kaká para trás

Hernanes pode deixar marca de Kaká para trás

Em sua terceira passagem pelo Tricolor, Hernanes poderá bater mais um recorde e cravar ainda mais seu nome na história do São Paulo

Quando Kaká deixou o São Paulo rumo ao Milan, em 2003, Hernanes ainda era um jovem volante da base do Tricolor, longe de ser o Prefeta e ídolo do Mais Querido. Agora, em 2019, em sua terceira passagem pelo time e pouco menos de dois anos após Kaká pendurar as chuteiras, o camisa 15 pode superar o ex-tricolor em um ranking simbólico: o de artilheiros do clube neste século.

Hernanes tem uma marca de 47 gols em 242 partidas, apenas quatro gols a menos que o Kaká, que por sua vezes, marcou seus 51 gols em apenas 155 oportunidades. Na média, a vantagem do melhor do mundo de 2007 é mais difícil de ser tirada: 0,34 x 0,19 gols por partida.

O principal reforço tricolor para a temporada hoje ocupa a 7ª colocação na lista dos goleadores do clube desde 2001. E se repetir sua última passagem, quando balançou as redes nove vezes em apenas 19 jogos (0,47 gols por jogo), não deve demorar muito para superar o seu ex-companheiro de Seleção*. Caso isso ocorra, se tornará o meio-campista com mais gols pela equipe neste período.

MAIORES ARTILHEIROS DO SÃO PAULO NO SÉCULO

1º – Luis Fabiano – 212 gols em 352 jogos – média de 0,60 gols por jogo
2º – Rogério Ceni – 112 gols em 906 jogos – média de 0,12 gols por jogo
3º – França – 69 gols em 87 jogos – média de 0,79 gols por jogo
4º – Dagoberto – 61 gols em 241 jogos – média de 0,25 gols por jogo
5º – Borges – 54 gols em 150 jogos – média de 0,36 gols por jogo
6º – Kaká – 51 gols em 155 jogos média de 0,34 gols por jogo
7º – Hernanes – 47 gols em 242 jogos – média de 0,19 gols por jogo
8º – Washington – 45 gols em 86 jogos – média de 0,52 gols por jogo
9º – Grafite – 40 gols em 98 jogos – média de 0,40 gols por jogo
10º – Reinaldo – 39 gols em 81 jogos – média de 0,48 gols por jogo / Diego Tardelli – 39 gols em 140 jogos – média de 0,27 gols por jogo

* Hernanes e Kaká jogaram juntos pela seleção brasileira em 2013, nos amistosos contra Itália e Rússia

LEIA TAMBÉM:
Raí comenta rumores sobre Nene, Pato, Ganso, Victor Ferraz 
São Paulo não tem interesse de negociar Perri
E mais uma vez a Rede Globo faz um desserviço para o futebol

FOTO: Divulgação