Hernanes: “Libertadores é raça e coração”

Autor do gol que deu a vitória contra o São Bento, o Profeta fala sobre o primeiro jogo do Tricolor na Libertadores: “agora é entregar tudo, dar a vida”

Hernanes entrou em campo pela primeira vez em competições oficiais no domingo, e já ajudou, e muito a equipe Tricolor. 

O Profeta fez um belíssimo gol que deu a vitória para a equipe de André Jardine. O meia se sentiu bem e aproveitou para tentar motivar o time para o duelo das 21h30 de quarta-feira, contra o Talleres, na Argentina.

Foi uma vitória muito importante. Gol e vitória. Foi importante voltar a jogar. Desde que começou a temporada não tinha jogado mais de 45 minutos (apenas dois tempos completos em cada jogo da Florida Cup). Acho que fizemos o máximo para chegar em uma condição razoável, agora é entregar tudo, dar a vida. Libertadores é raça e coração“, falou o camisa 15. 

O Profeta também falou sobre a reunião que Raí teve com a comissão técnica e todos os jogadores, após a derrota contra o Guarani. 

Foi importante a reunião que tivemos após a derrota contra o Guarani. Pontuamos coisas que teriam de ser pontuadas. Nos dias seguintes conseguimos colocar em prática. O resultado não é por acaso. Quando a gente coloca foco e treinamento as coisas acontecem. Vamos com tudo para a quarta-feira encarar a decisão”. 

A expectativa inicial era que Hernanes jogasse somente um tempo contra o São Bento. Na saída para o intervalo, porém, o meia avisou à comissão técnica que gostaria de disputar mais minutos. O pedido foi atendido e o Profeta só saiu aos 25 minutos do segundo tempo, para dar lugar Jonatan Gómez.  

“A condição física ainda não está 100%. Mas foi um bom teste, um bom treino e atividade. Chegamos com uma condição razoável para poder aguentar, quem sabe, 90 minutos na Libertadores”, concluiu o Profeta. 

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *