Home > Destaques > Gilberto, Pratto, Jucilei, Kaká…Dorival responde

Gilberto, Pratto, Jucilei, Kaká…Dorival responde

Dorival Junior falou sobre a situação atual de seus jogadores e comentou também sobre Kaká além de dizer que o Tricolor não vai cair

Em entrevista, o técnico Dorival Júnior falou sobre diversos assuntos de interesse do torcedor, foi cauteloso em alguns tópicos, mas também foi enfático ao dizer que o São Paulo não será rebaixado.

Confira a entrevista do treinador.

JUCILEI:

Dorival explicou o que Jucilei agora será cobrado no intuito de aparecer mais na área adversária.

“Eu vinha jogando com Jucilei, Petros e Hernanes e eu senti que existia pouca mobilidade, eu tive que abrir mão de um, a transição ficava um pouco lenta pela característica de um ou outro e pela maneira do Hernanes jogar, muitas vezes mais carregando do que liberando bola. O próprio Jucilei percebeu isso, ele mesmo está liberando mais a bola, ele também tem esse lado de partir em direção ao gol. Você acaba tento uma morosidade maior nessa transição, nessa chegada rápida. Eu tive que abrir mão de um, eu expliquei isso para o Jucilei”.

HERNANES:

Para falar sobre Jucilei, Dorival se baseou muito na função de Hernanes. Desde que o treinador chegou, o meia passou a desempenhar um estilo de jogo que o São Paulo não tinha em nenhum de seus atletas.

“Ele tem essa leitura, tem uma capacidade de carregar a bola que poucos têm, infiltrando, cortando, são meias que fazem esse tipo de jogada. Ele, por origem, era segundo volante, nos últimos anos ele abriu mão de jogar um pouco mais recuado para chegar na área adversária. Ele me posicionou isso quando chegou, ele se aproxima nesse movimento que o Paulinho (do Barcelona e da Seleção) faz”, comparou.

GILBERTO:

Dorival Júnior foi questionado sobre o centroavante Gilberto, que tem 12 gols no ano, mas não é utilizado há quatro rodadas e chegou a ser envolvido em uma polêmica, onde seu empresário avisou que o centroavante procuraria outro clube em 2018.

“Eu cobrei do Gilberto e, por coincidência, ainda hoje tive uma reunião com ele nesse sentido. Hoje ele voltou a focar, está concentrado nos objetivos da equipe, até coloquei para ele que eu estou em débito com ele, e não ele comigo nesse momento, pelo o que ele vem realizando nos últimos dias. Até então ele não vinha totalmente concentrado”, admitiu Dorival Júnior, antes de deixar claro que não vê problema em escalar dois homens de área juntos.

“Dá, sem problema nenhum, até porque o Pratto sai muito (da área), quase como um meia, tendo o Gilberto mais enfiado. Mas, nós não temos uma jogada de fundo definida, principalmente pelo lado direito, já que o Militão é um volante, um zagueiro”, observou o técnico.

PRATTO:

O treinador defendeu seu camisa 9, que sai muito da área para ajudar o time e com isso não marca gols há 10 jogos.

“O esquema não alterou em nada a função do Pratto, ele tem liberdade, é o momento apenas. Incomoda e é natural que incomode, principalmente para o ataque, é natural que isso crie uma insatisfação momentânea, mas a maneira com que ele tem contribuído para a equipe acaba compensando. Daqui a pouco isso vai acontecer (o gol)”, disse.

KAKÁ:

O técnico Dorival Júnior falou sobre o possível reforço para o ano que vem.

“Vi as declarações dele e tem uma história muito bonita no clube. Mas só pensaremos nessas situações depois que sairmos da situação em que estamos. Anterior a isso, não temos a mínima condição de tentar planejar o ano seguinte”.

SÃO PAULO:

Dorival Júnior garantiu que o São Paulo não irá jogar a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018.

“Tenho certeza que o São Paulo vai permanecer na Série A pelo trabalho que está sendo desenvolvido e pela maneira como os jogadores estão se comportando, isso me passa uma confiança grande. Ainda vamos oscilar, a equipe vem evoluindo e a gente vem sentindo, mas é natural que ainda oscile por estar vivendo esse momento”, concluiu.

FOTO: Divulgação