Gerente de futebol “espera” chegada de Wesley

Pela primeira vez, um cartola do São Paulo admite a chegada de Wesley

Demorou, mas a cúpula tricolor finalmente deu o braço a torcer no caso do volante Wesley, atualmente do outro lado do muro no CCT da Barra Funda. Durante rápida entrevista com um repórter da Rádio Transamérica, o gerente executivo de futebol Gustavo Vieira de Oliveira falou em tom de bom humor, confirmando a chegada do volante: “Ele ainda chega, espero.”

Desde o início dos boatos da transferência de Wesley, que se deu pouco depois da transação envolvendo Alan Kardec, nossos rivais verdes e o Soberano, a diretoria do São Paulo sempre manteve cautela absoluta em falar sobre a vinda do atleta revelado nas categorias de base do Santos para o Morumbi. Mesmo com todas as evidências apontando para um acerto que depende apenas da rescisão do contrato vigente junto ao seu clube atual para ser selado.

+ Dória feliz da vida no tricolor

Os problemas de relacionamento entre os presidentes Carlos Miguel Aidar e Paulo Nobre também são fatores importantes, que acabaram travando a assinatura de Wesley. Como forma de represália as seguidas negociações do tricolor com atletas de seu time, Nobre pediu que o atleta de 27 anos fosse inscrito no Paulistão mesmo sabendo que ele treina em separado e não faz parte dos planos de Oswaldo de Oliveira.

Em função disso, o jogador não poderá atuar pelo São Paulo na competição estadual nem na primeira fase da Copa Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *