in ,

FPF define tabela do Paulistão 2023

Rummens

Tricolor fará a sua estreia no Paulistão diante do Ituano, pela rodada de abertura, no Morumbi

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quarta-feira (16) a tabela do Campeonato Paulista de 2023, e o Tricolor fará a sua estreia diante do Ituano, no Morumbi, pela rodada de abertura do estadual.

Após receber a equipe de Itu, o São Paulo visitará a Ferroviária, em Araraquara e, na sequência, já terá o primeiro clássico da próxima temporada: diante do Palmeiras, na terceira rodada, no Allianz Parque.

O desmembramento dos jogos, das datas, dos locais e dos horários serão divulgados posteriormente pela FPF. Todos os jogos terão transmissão da Record TV, Youtube, HBO Max, Estádio TNT Sports e Paulistão Play.

O Paulistão começará no dia 15 de janeiro e será disputado até o dia 9 de abril, quando será a realizada a grande decisão. A fase de grupos, que terá 12 rodadas, terminará no dia 5 de março.

O torneio manterá a fórmula de disputa das edições anteriores: 16 equipes foram divididas em quatro grupos, com quatro times em cada, classificando os dois melhores de cada chave para as quartas de final.

O Tricolor está no Grupo B, ao lado de Guarani, Mirassol e Água Santa – as equipes da mesma chave não se enfrentam na primeira fase, duelando apenas com os adversários dos outros grupos.

O mata-mata será da seguinte forma: jogo único nas quartas de final e na semifinal, enquanto a final pelo título será em confrontos de ida e volta.

CONFIRA A TABELA DO TRICOLOR NO PAULISTÃO 2023:

  • 1ª rodada: São Paulo x Ituano
  • 2ª rodada: Ferroviária x São Paulo
  • 3ª rodada: Palmeiras x São Paulo
  • 4ª rodada: São Paulo x Portuguesa
  • 5ª rodada: São Paulo x Corinthians
  • 6ª rodada: Santo André x São Paulo
  • 7ª rodada: Red Bull Bragantino x São Paulo
  • 8ª rodada: São Paulo x Santos
  • 9ª rodada: São Paulo x Inter de Limeira
  • 10ª rodada: São Bento x São Paulo
  • 11ª rodada: São Paulo x São Bernardo
  • 12ª rodada: Botafogo-SP x São Paulo

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara