Ex-goleiro do São Paulo estará nos jogos paralímpicos

Há dez anos, o ex-goleiro tricolor, Bruno Landgraf encerrou a carreira após um grave acidente automobilístico na Rodovia Régis Buttencourt

Depois de passar mais de oito meses no hospital, entre internações, cirurgias e processos de reabilitação, Landgraf ficou paraplégico, mas logo retomou a vida no esporte. Deixou o futebol e se dedicou a vela adaptada, onde agora irá representar o Brasil nos jogos paralímpicos Rio 2016.

“Em 2008, no futebol, eu desejava participar das Olimpíadas como goleiro. Tudo mudou e estive com a vela em Londres, em 2012. Agora, contagem regressiva para os Jogos do Rio. O objetivo é disputar uma boa posição, fazer o meu melhor com minha equipe. Treinamos muito na Baía de Guanabara e estou muito feliz por chegar até aqui”, afirmou.

Bruno Landgraf 1A mudança brusca na carreira não fez com que Bruno desistisse da vida. As adversidades mudaram a maneira do atleta enxergar o mundo e ele passou a dar valor às pequenas coisas. A volta por cima por meio do esporte transformou-o em uma inspiração, fato que o agrada e o motiva cada dia mais.

“Eu aprendi e aprendo diariamente muitas lições com a vida. Aprendi a dar valor para as pequenas coisas, que quando você não tem nenhuma limitação ou deficiência e não precisa de ninguém, não dá valor. Agradeço todos os dias por poder acordar, e apesar das dificuldades, praticar um esporte, dar palestras, contar minha história, inspirar pessoas e principalmente, aproveitar a chance de estar aqui”, completou.

Bruno Landgraf e a equipe Skud 18 Brasil, da qual faz parte, competirão as regatas de vela adaptada nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro entre os dias 11 e 16 de setembro, na Baía de Guanabara.

Bruno Landgraf 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *