Entenda a lesão de Pablo, que o deixará fora de campo até oito semanas

Fora da decisão do Paulista e também das primeiras rodadas do Brasileirão, Pablo passou por cirurgia na região lombar da coluna nesta quinta-feira

Enquanto o atacante Pablo se recupera de uma cirurgia que fez nesta quinta-feira (18), para a retirada de um cisto artrossinovial na região lombar da coluna, o clube decidiu explicar o motivo que fez com que uma contusão na panturrilha acabasse causando uma cirurgia na coluna.

Pablo sofreu um trauma na região lombar no dia 27 de março, durante o jogo com o Ituano, pelas quartas de final do Paulistão. Apesar da dor, ele se recuperou e disputou o primeiro jogo da semifinal contra o Palmeiras, no dia 30.

No dia 1º de abril, Pablo passou por exames de ressonância magnética e foi constatado trauma no local. Desde então, o jogador passava por tratamento e apresentava uma melhora, mas tudo mudou no último sábado, quando o atacante voltou a sentir maior sensibilidade na região posterior da perna direita, o que fez o São Paulo desconfiar de um comprometimento neurológico da região lombar da coluna.

Na terça, ele passou por novos exames e constatou um cisto artrossinovial que irradia para a panturrilha direita e uma cirurgia seria necessária para remover o problema.

Nesta quinta, ainda no hospital, o jogador postou uma foto em sua página no Instagram dizendo que tudo correu bem na cirurgia. Veja abaixo:

Pablo posta foto após cirurgia

O jogador ficará internado até o final da semana. A previsão é que ele retorne aos gramados entre seis e oito semanas. O que pode ser apenas após a Copa América, que acontece entre junho e julho.