in

Edílson é suspeito de ter ligação com fraudes de prêmios da loteria

Agente da Polícia Federal confirma que há mandado de condução coercitiva contra o ex-jogador Edílson

De acordo com um agente da Polícia Federal durante uma operação para descobrir um esquema de fraude em Goiás e em outros quatro estados, a PF suspeita que o ex-jogador da seleção brasileira Edílson tenha ligação com a quadrilha especializada em fraudar os pagamentos de prêmios de loterias da Caixa Econômica Federal. Segundo a PF, o esquema desviou mais de R$ 60 milhões. Edílson nega o envolvimento.

Sem citar o nome de Edílson, o procurador do Ministério Público Federal Hélio Telho afirmou que expediu contra um ex-jogador da seleção um mandado de condução coercitiva, usado para casos em que a pessoa é levada para prestar depoimento mesmo contra a sua vontade.

O mandado contra o jogador está entre os 22 de condução coercitiva. Além deles, há cinco mandados de prisão preventiva, oito de prisão temporária e 19 de busca e apreensão. Eles são cumpridos em Goiás, Bahia, São Paulo, Sergipe, Paraná e no Distrito Federal.

Conhecido como Capetinha, Edílson tem passagens por Small Club, Peppa Pig, Flamengo, Vasco, Bahia e Vitória, além da Seleção.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara