Home > Destaques > Disputa argentina

Disputa argentina

Proposta do Racing por Centurion, pode complicar a negociação do Boca e tricolor pode lucrar com essa disputa entre os times argentinos
 
O time que revelou o meia-atacante Ricardo Centurion fez uma proposta ao tricolor para adquirir mais 20% dos direitos do jogador.
 
A equipe de Avellaneda detêm 30% e os outros 70% são do São Paulo. Os dirigentes argentinos cogitam adquirir o total dos direitos federativos do atleta, que voltaria a jogar pela equipe.
 
Em entrevista ao diário argentino Olé, o presidente do Racing: Victor Blanco disse estar defendendo seu próprio dinheiro. O clube avalia o jogador em 6,4 milhões de Dólares (cerca de R$ 20,6 milhões) e como o rival da capital argentina tenta adquirir 70% do atleta por 3,6 milhões de dólares (R$ 11,4 milhões), o mandatário argentino deseja impor o valor de mercado, a fim de que o rival gaste mais para segurar o atacante em La Bombonera.
 
Caso o Boca Juniors não cubra a proposta, o Racing depositaria nos cofres tricolores aproximadamente 4 milhões de dólares (cerca de R$ 12,5 milhões) por 20% do jogador. Dessa maneira o São Paulo mantém os 50% dos direitos e numa futura venda lucraria e a equipe argentina adquiria 50% dos direitos federativos e teria o poder de negociar o atleta.
 
“Se isso acontecer, analisaríamos o que fazer com o jogador. Podemos ficar com ele ou emprestá-lo para um clube do exterior”, disse o presidente do Racing ao Diário Olé.
 
Ricardo Centurion tem 24 anos e foi comprado pela equipe tricolor no início de 2015 por 4,2 milhões de dólares (R$ 13 milhões na época) por um contrato de 4 anos.
 
Emprestado para o Boca Juniors no meio do ano passado, foi decisivo e ajudou a equipe a conquistar o título argentino.
O contrato com o Xeneizes se encerrou no dia 30 de junho. Fora dos planos da equipe do Morumbi, o atleta segue de férias enquanto aguarda a definição do seu destino.
 
Ele disputou 81 jogos e marcou 8 gols com o manto são paulino.