Daniel Alves chegará a marca histórica no São Paulo

Com mais de 40 títulos na carreira e campeão nos cinco clubes que defendeu, além da Seleção, Dani Alves chegará a marca histórica vestindo a camisa Tricolor

Daniel Alves chega ao São Paulo com a missão de recolocar o clube no caminho dos títulos novamente. Nossa última taça levantada foi em 2012, quando vencemos a Copa Sul-Americana. De la pra cá, muitas derrotas, fracassos e eliminações.

Na contramão, o jogador que ao longo dos 19 anos de sua carreira profissional conquistou 40 troféus. É o atleta mais vencedor da história do futebol.

São-paulino desde criança, Daniel Alves ainda poderá atingir uma marca importante com a camisa do clube do coração: chegar aos 1000 jogos na carreira. Ele já entrou em campo 974 vezes, incluindo amistosos. Se consideradas apenas as partidas oficiais, são 864.

O CURRÍCULO DE DANIEL ALVES:

Clubes: Bahia (1998-2002), Sevilla-ESP (2002-2008), Barcelona-ESP (2008-2016), Juventus-ITA (2016-2017), Paris Saint-Germain-FRA (2017-2019) e São Paulo (2019)

Títulos pelos clubes: Copa do Nordeste (2002), Copa da UEFA (2005/06 e 2006/07), Supercopa Europeia (2006, 2009, 2011 e 2015), Copa do Rei da Espanha (2006/07, 2008/09, 2011/12, 2014/15 e 2015/16), Supercopa da Espanha (2007, 2009, 2010, 2011 e 2013), Mundial de Clubes da FIFA (2009, 2011 e 2015), Liga dos Campeões (2008/09, 2010/11 e 2014/15), Campeonato Espanhol (2008/09, 2009/10, 2010/11, 2012/13, 2014/15 e 2015/16), Campeonato Italiano (2016/17), Copa da Itália (2016/17), Campeonato Francês (2017/18 e 2018/19, Copa da França (2017/18), Copa da Liga Francesa (2017/18) e Supercopa da França (2017)

Títulos pela Seleção Brasileira: Mundial Sub-20 (2003), Copa das Confederações (2009 e 2013) e Copa América (2007 e 2019)

Premiações: Melhor lateral-direito no Mundial Sub-20 (2003), Melhor jogador da Copa da UEFA (2005/06), Melhor jogador da Supercopa Europeia (2006), Time do Ano da UEFA (2007, 2009, 2011, 2015 e 2017), Time do Ano da FIFA (2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018), Equipe do ano da European Sports Media (2006/07, 2008/09, 2009/10 e 2010/11), Melhor lateral-direito do Campeonato Espanhol (2008/09), FIFPro World XI (2009, 2011, 2012, 2013, 2015, 2016, 2017 e 2018), Copa das Confederações – equipe do campeonato (2009 e 2013, Equipe do Campeonato Francês (2017/18), Melhor jogador da Copa América (2019) e Seleção da Copa América (2019).

FOTO: Divulgação