in

Cúpula são-paulina releva atraso de Centurión

Dirigente e ex-técnico do São Paulo esfriam chance de punição severa ao argentino

Se antes da partida contra o Botafogo-SP foi alimentada a possibilidade de uma punição dura ao argentino Centurión pelo atraso no treinamento de sábado devido a viagem feita a sua terra natal, onde ficou por mais tempo após o jogo contra o San Lorenzo-ARG, as coisas mudaram de figura ainda na noite de ontem.

Em entrevista concedida a Rádio Globo pelo vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, o dirigente não polemizou ou demonstrou grande irritação com o deslize do meio portenho:

+ Atuações: Botafogo-SP 2 x 0 São Paulo

“Não conversei com ele ainda. Vai ser uma avaliação interna e, se houver punição, não será veiculado para a imprensa. Ele é jovem, acontece com qualquer jovem. Precisamos conversar sobre isso, mas não critico quem, com 19, 20 anos, sai com uma bela loira na balada. Vamos apenas ficar de olho para isso não chegar ao futebol. Se tiver alguma punição, vai ser interna.”

O próprio Muricy Ramalho, antes da bola rolar em Ribeirão Preto, declarou que não viu nada demais no ocorrido:

“Ele estava com saudade dos parentes, estava com a namorada, noiva, não sei o que ele é, se é casado ou noivo. Mas não pode acontecer, deixamos ele ficar lá. Mas foi um erro só também, não é coisa de outro mundo.”

O que achou?