Cuca pede e São Paulo está de olho no mercado da bola

O treinador do São Paulo entende que precisa de reforço, e a diretoria são-paulina busca um jogador no mercado europeu e sul-americano

Cuca não está satisfeito em não ter mais uma opção de centroavante na equipe do Tricolor. Sem Pablo, que se recupera de uma cirurgia nas cosas e só vai voltar para a equipe após a Copa América, o treinador tem que improvisar jogadores na posição. 

Por isso o comandante pediu para a diretoria são-paulina um substituto. A principal característica que eles procuram no novo jogador é que seja artilheiro, com presença e força na área. Jogadores da Europa e Sul-Americanos estão sendo monitorados pelo clube. 

O nome que a torcida mais pede para a posição é o de Calleri, que sempre é lembrado na janela de transferência. Porém, o atacante tem empresários que entendem que na Europa a sua carreira vai decolar mais rápido do que jogando no Brasil. Ou seja, é bem difícil dele retornar, apesar do São Paulo monitorar e sempre conversar com o jogador. 

A ideia do Tricolor é não gastar muito para trazer um novo centroavante. A princípio, a procura é por jogadores que estejam com contrato terminando, assim a negociação fica mais barata.

Na questão salarial, a ideia é pagar o teto salarial do clube: de R$ 500 a 600 mil mensais. 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net