Crônica – Talleres 2 x 0 São Paulo

Tricolor faz um bom primeiro tempo, mas retorna para segundo etapa apático, falha e toma dois gols e vê situação complicar para jogo de volta

A estreia na 2ª fase da Libertadores, nesta noite, não saiu do jeito que se esperava. A pressão adversária não ocorreu, pouca produção ofensiva, falta de pontaria e falhas de marcação atrapalharam a equipe de Jardine nesta noite.

O quarteto ofensivo do Tricolor teve uma de suas piores partidas. A equipe não produziu e os atacantes pouco participaram do jogo. Pablo e Diego Souza sofreram para buscar bola. Everton, Nenê e Hernanes não conseguiram criar e quando a equipe chegou as finalizações não foram precisas.

PRIMEIRO TEMPO

A pressão dos donos da casa que era esperada não aconteceu e isso deu chances para o Tricolor botar seu estilo de jogo em prática. O time são-paulino conseguia tocar a bola e assim criar poucas chances de gol. A primeira chance foi com Hudson, após cruzamento de Reinaldo, que acertou um chute de esquerda que só parou na boa defesa do goleiro Herrera.

Pelo lado direito, a pouca participação de Bruno Peres, fez com que Nenê e Pablo realizassem jogadas mais precisas pelo lado. Numa delas, a bola sobrou para o camisa 10, que só parou na interceptação da defesa. Outra boa chance foi com Bruno Alves que após cruzamento o zagueiro conseguiu chegar, mas chutou para fora. Tiago Volpi só foi testado nos chutes de Guiñazu e D. Moreno.

LEIA MAIS

+ São Paulo entra na reta final das obras do Morumbi

+ São Paulo vendeu 22 mil ingressos para o jogo contra Talleres

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final parecia que o time do Tricolor ficou no vestiário. Pois a equipe voltou apático. Sem criar chances, viu os argentinos começarem a gostar da partida e após uma bola retirada da área, ninguém marcou e a bola sobre para o atacante que acertou da entrada da área um chutaço, no ângulo de Tiago Volpi.

Jardine tentou dar mais ofensividade ao time, retirando Nenê e colocando Diego Souza. A substituição não mudou ada, pois o meio criativo formado por Pablo, Hernanes e Everton não conseguiu vencer a boa marcação argentina. A única jogada criada foi de bola parada, que após o cruzamento de Reinaldo, Pablo chegou chutando mas a bola pegou na trave e saiu.

Por volta dos 35 minutos, o volante Hudson foi parar um contra-ataque e acabou tomando o segundo amarelo (expulso). O treinador são-paulino colocou em jogo o volante Willian Farias para recompor o meio e sacou do time o Profeta (não deveria ter tirado). E aos 41 minutos, a marcação não funcionou e não conseguiu acompanhar a bela jogada de Pochettino que mandou no canto de Volpi. Fim de jogo: Talleres 2 x 0 São Paulo.

O Tricolor agora precisa vencer por 3 ou mais gols para se classificar de forma direta. Se vencer por 2 a 0, a disputa vai para os pênaltis.

 

Foto: Diego Lima / AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *