Home > Destaques > Crônica – São Paulo 3 x 2 Botafogo

Crônica – São Paulo 3 x 2 Botafogo

Em noite inspirada do trio ofensivo, Tricolor vence mais uma, segue invicto e dorme na liderança do Campeonato Brasileiro 

Após três anos longe do topo da tabela do Brasileirão, o Tricolor assumiu a liderança provisória da competição com a vitória diante do Botafogo, no Morumbi. Diego Souza, Nenê e Everton marcaram e colocaram a equipe a frente do placar ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, o São Paulo se manteve como o único invicto na competição. O jogo teve golaço, gol de pênalti, virada, gol de peito, contrataque mortal e aquele susto no final.

LEIA MAIS
+ Maior invicto do Brasil
+ Nosso estádio, nosso aliado!

PRIMEIRO TEMPO

No inicio do jogo, o atleta João Pedro trombou com Anderson Martins, ficou desacordado e teve que sair de ambulância. A equipe carioca passou a ganhar terreno, ao marcar no campo de ataque e com isso conseguiu marcar com Valencia, aos 15 minutos.

O gol do adversário despertou a equipe são-paulina. E aos 19 minutos, numa disputa dentro da área, Everton foi tocado e sofreu pênalti. Nenê bateu, o goleiro quase pegou, mas a bola entrou, empatando a partida. O Tricolor seguia atacando e explorando as investidas pelos lados do campo.

Numa jogada pelo lado direito, Marcos Guilherme conseguiu cruzar a meia altura, Diego Souza se jogou na bola, e com o peito mandou no contra pé do Jefferson, era a virada. Já aos 48 minutos, após o toque do Jucilei para o camisa 9 são-paulino, acelerou e passou para Everton, que da entrada da grande área estufou as redes, com um belo chute cruzado. Vira virou!!!

SEGUNDO TEMPO

O Tricolor do Morumbi veio para a etapa final, com o mesmo ritmo ofensivo. E logo no início carimbou, pela segunda vez, a trave botafoguense. Tentando aumentar a diferença no placar, por pouco o time não marcou. Após a cobrança de escanteio de Shayllon, Diego Souza cabeceou no canto e Jefferson, operou um milagre.

Já aos 37, após um erro de posicionamento, a bola foi lançada na área e de cabeça, Rodrigo Pimpão mandou no canto do goleiro Sidão. A equipe conseguiu controlar as investidas do time rival, e no final da partida, saiu vitoriosa e com a liderança provisória nas mãos.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net