Home > Destaques > Crônica – São Paulo 3 x 1 SCCP

Crônica – São Paulo 3 x 1 SCCP

Com Morumbi lotado, Aguirre ousa na escalação e Tricolor não deixar o rival jogar. Em nova função Reinaldo é o destaque do clássico

Os mais de 58 mil Tricolores que estiveram no Morumbi na noite deste sábado (21) ficaram espantados. Ouviram a escalação inicial quando ficaram sabendo que Reinaldo e Edimar estavam escalados no time titular.

O Tricolor propôs o jogo durante toda a partida e conseguiu marcar com Anderson Martins e Reinaldo (duas vezes). Com destaque para o camisa 14 que mesmo fora da sua posição original foi o destaque da partida.

PRIMEIRO TEMPO

A equipe Tricolor bem postada em campo dominou totalmente durante o inicio da partida. A primeira chegada surgiu a partir da cobrança de um lateral que lançado na área Arboleda cabeceou no canto direito para fora. Logo depois em uma das poucas jogadas pelo lado direito, Militão tirou dos zagueiros e passou para Diego Souza que da entrada da área chutou nas mãos do goleiro.

Com uma atuação bem precisa, o Tricolor pouco deu liberdade para os atletas do SCCP. Mas num erro de saída de bola pela direita, ela foi cruzada, Arbolda rebateu mal para a entrada da área e o atacante rival de frente chutou para fora. Após um lance de mão, o São Paulo teve a oportunidade de cobrar uma falta perigosa, Nenê colocou no canto, mas Cássio espalmou.

LEIA MAIS

+ Atuações – São Paulo 3 x 1 SCCP

+ A 10 para o 10

SEGUNDO TEMPO

No início da segunda etapa, O Tricolor manteve a postura e sufocou o rival no campo defensivo. Na cobrança de escanteio, Nenê colocou na cabeça de Anderson Martins que cabeceou pro chão e foi pro fundo das redes. 1 a 0. A equipe não se acomodou e continuou procurando o segundo gol e na indecisão da defesa Reinaldo se aproveitou roubou a bola driblou o goleiro, chutou e o zagueiro tirou. A bola sobrou novamente para o camisa 14 que arrumou o corpo e mandou (precisamente) para os fundos das redes. 2 a 0.

Sem parar de atacar, o Tricolor sufocava o rival. Numa cobrança de falta Diego Souza carimbou o travessão. A postura ofensiva do time impressionava e merecidamente chegou ao terceiro após a cobrança de escanteio a bola foi tirada da área, Edimar controlou e tocou para Reinaldo que da entrada da área chutou (não muito forte) e o goleiro tomou uma “galinha”. O segundo do KingNaldo na noite.

No final da partida todos que estavam assistindo, no estádio ou pela TV,  e os jogadores  viram que o atacante do SCCP levou a bola com o braço após lançamento nas costa da zaga e conseguiu tocar por cima de Jean, menos a equipe de arbitragem. Mesmo assim não apagou a ótima partida do time que seguiu na cola do Flamengo.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net