in ,

Cristiane fala sobre lesão: “No Paulista vou conseguir estar em campo”

A atacante se reuniu com os profissionais do futebol feminino e começou a programação de recuperação da lesão que sofreu na Copa do Mundo

Cristiane chegou no São Paulo no início da temporada, e é uma das principais jogadoras da equipe. A chegada da atleta foi um marco na história do São Paulo, oficializando o Dia do Futebol Feminino Tricolor, a ser comemorado todos os anos no dia 14 de janeiro a partir de 2019.    

Nesta quinta-feira (27), depois de retornar da França, onde disputou a Copa do Mundo Feminina, Cristiane se reapresentou ao São Paulo e encontrou elenco e comissão técnica durante o treinamento. A jogadora, que se machucou durante a competição mundial, se reuniu com os profissionais e na sequência iniciou a programação de recuperação.

Com as constantes convocações para servir a Seleção no ano e representar o São Paulo na Copa, a camisa 11 ainda não teve uma grande sequência de jogos na equipe do Morumbi. Agora, com o retorno ao clube, ela espera se recuperar rapidamente para atuar nos momentos decisivos das duas competições em andamento.

“Agradeci muito quando deram espaço pra que eu pudesse ir pra Seleção mais cedo pra poder ir pra Copa. Agora, não vejo a hora de começar a correr atrás das coisas pra poder ajudar as meninas. Eu sei que elas estão muito bem, estou acompanhando sempre e sei que elas vão se manter firmes até o meu retorno”.

No momento, o São Paulo se prepara para disputar as quartas de final do Brasileiro Série A-2, contra o Taubaté, nos dias 14 e 21 de julho, e a segunda fase do Campeonato Paulista, com previsão para o dia 4 de agosto.

“Acho que serão dois jogos muito complicados, principalmente no Campeonato Brasileiro, porque vale o acesso. Então, vamos ter que ter um cuidado muito grande. Eu vou acompanhar e no Paulista já vai ser o momento que vou conseguir estar em campo com elas e vou conseguir ajudar lá dentro também”. 

Cristiane foi a artilheira da equipe brasileira no Mundial, marcando quatro gols em quatro jogos disputados. Com confiança e motivada pelo momento do futebol feminino, Cris espera que o entusiasmo com a Copa do Mundo possa ajudar o futebol brasileiro a se desenvolver.

“Eu torço para que as pessoas possam vir aos nossos jogos. Acho que vai ser muito bacana poder incentivar, encher o estádio, mais pessoas se interessarem e conhecerem as outras meninas. Não ficarem sempre com os mesmos nomes porque daqui a pouco nós estamos saindo e outras meninas precisam chegar. E isso tudo acaba fortalecendo bastante. Esse momento acaba ajudando muito o futebol aqui dentro do clube pra nós”, finalizou. 

Foto: Afonso Pastore/saopaulofc.net
Fonte: saopauloc.net

O que achou?

Escrito por Natália Milreu