in

Como Wellington pode fazer São Paulo e Inter se unirem?

São Paulo e Inter não tem um bom relacionamento, mas o volante ex-Tricolor, hoje no Colorado pode unir as duas equipes

Todos sabem que há anos, as diretorias do tricolor paulista e do colorado gaúcho não se entendem, mas há uma grande chance dessa birra entre os clubes chegar ao fim e graças ao volante Wellington.

A final da Libertadores de 2006, uma negociação polêmica por Guiñazú que acabou não ocorrendo e o ‘caso Oscar’ acirraram os ânimos entre os dirigentes. A liberação de Dagoberto, em 2012, aliviou o ambiente, mas o empréstimo de Wellington no ano passado significou uma mudança radical nas relações.

+ Garotada do tricolor atropela o Milan e está na final em Doha, no Catar

+ Penalty já tem data para deixar o SPFC

As negociações para a permanência foram congeladas desde a virada do ano, mas a diretoria gaúcho admite que fará pelo menos uma investida para ficar com Wellington. O preço para adquirir o jogador é 6 milhões de euros (R$ 19 milhões), mas existe a ideia de que o valor pode ser reduzido drasticamente em um negócio na metade do ano.

“Sempre tive ótima relação lá com a direção e quando soube do interesse do Inter, pedi para ser liberado. Falei com o presidente Juvenal (Juvêncio, à época ainda no cargo) e ele aceitou. Não houve nenhum problema”, conta Wellington. “Eu sei da rivalidade, mas sempre disse que se saísse do São Paulo iria para outro clube grande. É claro que eu quero ficar, mas não depende só de mim. E neste momento eu estou focado em me recuperar”, completa.

Será que por fim as diretorias do nosso Tricolor e a do Inter farão as pazes? Tomara que sim.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara