Home > Destaques > Caminhos dos ídolos – Veja fotos

Caminhos dos ídolos – Veja fotos

Tricolor inaugura o Caminho dos Ídolos, a calçada da fama no Morumbi

A noite desta terça-feira (7) foi especial e memorável no Morumbi, pois o Tricolor fez o lançamento do “Caminho dos Ídolos”, uma espécie de calçada da fama que reúne 99 ex-jogadores que marcaram sua passagem pelo Tricolor.

Alguns ex-jogadores que ajudaram o Mais Querido ser tão grande como é hoje, estiveram presentes e falaram sobre a homenagem.

“Só o São Paulo seria capaz de reunir tantos ídolos na mesma noite. Foi realmente especial e emocionante voltar ao Morumbi nesta noite. Ter o meu nome eternizado no estádio é gratificante e difícil de explicar. Além disso, tive a oportunidade de rever grandes ídolos que vi jogar. Estou muito feliz, principalmente pela certeza de que meus filhos e netos terão a oportunidade de ver o meu nome no estádio”, festejou Kaká.

“Foi uma noite especial para quem fez história com esta camisa. Realmente, inesquecível para todos. Ficará marcado para sempre na minha vida”, acrescentou Cafu. “Receber esta homenagem nos deixou felizes e orgulhosos, porque foi um privilégio defender o São Paulo. Os jogadores deram alegrias aos clube, e constantemente são reconhecidos pelo São Paulo”, emendou Darío Pereyra.

Além de conselheiros e membros da diretoria, a noite de festa no Estádio Cícero Pompeu de Toledo contou com a presença de diversos personalidades e familiares de ex-atletas já falecidos. Os ídolos receberam uma medalha comemorativa e se reuniram para recordar momentos históricos pelo Tricolor.

>CAMINHO DOS ÍDOLOS: ficha completa!

O encontro serviu para reunir atletas de diversas gerações e foi muito bem recebido pelos homenageados, que não esconderam a felicidade em ver sua história pelo clube ser reconhecida. “Foi uma grande responsabilidade representar os atletas durante a cerimônia, porque todos fizeram história no São Paulo”, revelou Raí, que completou.

“A minha geração conquistou muitos títulos, como as Libertadores e os Mundiais, mas isso só foi possível porque grandes craques do passado tornaram o São Paulo grande. E isso foi mantido nas gerações seguintes. Os homenageados desta noite mostram a grandeza do clube”, finalizou o eterno camisa 10 tricolor.

Cadê o Telê? Num primeiro momento, causou estranheza o fato de Telê Santana, um ícone da história do clube, não ter sido contemplado. Mas é porque o Caminho dos Ídolos vai homenagear apenas jogadores.

“Há um projeto para fazermos uma parede na mesma rampa, só com os grandes treinadores: Cilinho, Muricy Ramalho (que já será um dos homenageados como jogador), Telê… E também haverá um outro espaço com os nomes de todos os jogadores que o São Paulo já teve”, conta Bellintani.

VEJA FOTOS DESSE DIA MEMORÁVEL:

FONTE: site oficial
FOTORubens Chiri / saopaulofc.net e Fernando Dantas / Gazeta Press