Home > Destaques > Brenner: “Foi inexplicável”

Brenner: “Foi inexplicável”

Garoto Brenner marca seu primeiro gol pelo profissional na despedida de Lugano, com mais de 60 mil são-paulinos na arquibancada

Com o Morumbi lotado, despedida de um dos ídolos do Tricolor e no último jogo do ano, o destino não poderia ter preparado um ambiente mais favorável para que o jogador mais jovem no gramado balançasse as redes.

Diante do Bahia, com mais de 60 mil torcedores, o promissor Brenner, na tarde deste domingo (03) marcou seu primeiro gol pela equipe principal. Justamente na despedida de Lugano.

Emocionante comemoração! Lugano carrega Brenner nos braços após o gol, diante do Morumbi lotado

Após os 15 minutos da segunda etapa. Renê Júnior recuou a bola e goleiro baiano pegou com a mão: infração a favor do São Paulo, dentro da área. Tiro livre indireto! Petros rolou a bola e Brenner, de chapa, estufou as redes! Muita festa nas arquibancadas e na comemoração, Lugano o carregou nos braços.

“Infelizmente a vitória não veio, mas estou muito feliz pelo gol. Queria dar a vitória pela torcida, que nos apoiou durante todo o ano, e pelo Lugano. Marcar o gol com casa cheia foi inexplicável, porque o São Paulo é a minha casa”, afirmou o camisa 35.

LEIA MAIS:
+ Crônica – São Paulo 1 x 1 Bahia
+ Negociação com Jucilei avança

Brenner tem apenas 17 anos e foi revelado pelo Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia. Só disputou apenas 4 jogos pelo profissional. O jogo deste domingo foi o seu segundo jogo como titular. Ele foi um dos artilheiros do Campeonato Paulista Sub-17.

Disputando apenas a fase inicial, onde marcou 28 gols em 11 jogos (média de 2,5 gols por partida). Pois foi promovido para o time principal.

Na base, o jovem atacante, fez 44 gols em 21 partidas nesta temporada; média de 2,1 gols por jogo. Brenner se destacou também em outros torneios neste ano: Copa Santiago (8 gols em 5 jogos) e a Taça BH (6 gols em 3 jogos). Onde o Tricolor sagrou-se campeão.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net