in

Basquete Tricolor supera desfalques e derrota o Pato no Morumbi

Mesmo com sete desfalques, equipe tricolor fez bonito e bateu o adversário paranaense

Mesmo com tantos desfalques em razão da Covid-19, o Basquete Tricolor mostrou sua força e porque é um dos maiores times do basquete brasileiro. A equipe do São Paulo derrotou o Pato por 86 a 77, no ginásio do Morumbi, e encerrou com chave de ouro sua participação no primeiro turno do NBB. Os destaques da partida foram Tyrone (24 pontos, 9 rebotes e 3 assistências), Bennett (17 pontos, 5 rebotes e 10 assistências) e Coelho (14 pontos, 7 rebotes e 2 assistências). 

MAIS FOTOS DA PARTIDA

O time jogou com apenas sete atletas, sendo três das categorias de base (com 16 e 17 anos). Estavam foram: Caboclo, Marquinhos, Elinho, Shamell, Vitinho, Alex e Lupa, além do técnico Bruno Mortari. A formação titular diante do Pato foi Tyrone, Bennett, Coelho, Isaac e Kauan. Igor e Enrico foram os reservas. 

Agora, o Basquete Tricolor foca suas atenções na disputa do Super 8, torneio que reúne os oito primeiros classificados do primeiro turno do NBB. Eles se enfrentam em jogo único, na casa do time de melhor campanha e os confrontos serão do 1 x 8, 2 x 7, 3 x 6 e 4 x 5. O Tricolor (4) vai encarar o Bauru (5). 

Apesar dos desfalques, o Tricolor entrou em quadra focado em conseguir a vitória para terminar bem o primeiro turno do NBB. Mas, claramente sentindo a falta de entrosamento, a equipe tricolor não conseguiu encaixar o jogo no primeiro quarto, enquanto o Pato parecia estar com a mão calibrada. No fim, a equipe paranaense venceu o quarto por 26 a 15.

No segundo quarto, o time comandado por Ênio Vecchi mudou de postura e contou com o reforço de Igor, de apenas 16 anos, que entrou muito bem. O time passou a ter o domínio do jogo, tanto que venceu o quarto por 24 a 14 e encerrou o primeiro tempo perdendo por apenas um ponto: 39 a 40. Os destaques, até aquele momento, eram Tyrone (11 pontos, 4 rebotes e 2 assistências) e Igor (9 pontos e 2 rebotes).

Na volta do intervalo, o Tricolor continuou mostrando sua força e dificultando ainda mais a vida do adversário, apesar de todas as adversidades. No fim, vitória no terceiro quarto por 23 a 17. E na última etapa do jogo, o adversário partiu para o tudo ou nada e o São Paulo, mesmo cansado, conseguiu controlar a partida e garantir um resultado que, por tudo que aconteceu antes, foi muito comemorado por todos os atletas. 

Por: Daniel Batista / saopaulofc.net 
Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net 

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara