in

Atuações – Vasco 0 x 4 São Paulo!

ATUAÇÕES

ROGÉRIO CENI [GOLEIRO]: Foi muito bem, e fez no mínimo 4 defesas difíceis. Muito bem posicionado nas finalizações, o M1TO foi muito seguro na partida. Contou com o azar do atacante Riascos que perdeu 3 gols cara a cara com Rogério. Deve ser difícil ver o M1TO pela frente… NOTA: 8.5

RAFAEL TOLÓI [ZAGUEIRO]: Foi bem na partida, destaque para o gol que o zagueiro salvou em cima da linha! Desarmou o ataque enrolado do Vasco, por outro lado perdeu uma bola ao tentar sair jogando, não é a primeira vez que Tolói perde bolas assim, e por isso recebeu um puxão de orelha de Osorio. NOTA: 7.5

LUCÃO [ZAGUEIRO]: Seguro, soube se defender dos ataques vascaínos, fez uma boa parceria ao lado de Tolói na contensão do time carioca. Falhou em deixar Riascos livre em muitas jogadas, talvez a linha de impedimento ainda não esteja “alinhada” com os defensores do Tricolor. NOTA: 6.5

REINALDO [LATERAL ESQUERDO]: Começou muito bem, sendo um dos destaques do time no começo destruidor com 2 gols em 20 minutos. Buscou trabalhar a bola com Michel Bastos e Wesley pelo lado esquerdo. Foi substituído no começo do segundo tempo por Matheus Reis. NOTA: 6.5

THIAGO MENDES [LATERAL DIREITO]: Buscou arrancadas pelo lado direito, mas procurou ser mais defensivo, ao contrário do jogo anterior em que o jogador foi bastante ofensivo. Depois que o time fez dois gols, o Vasco se aproveitou do lado direito do São Paulo, que era coberto por Thiago Mendes, e criou boas oportunidades por lá. NOTA: 6

RODRIGO CAIO [VOLANTE]: Jogando mais recuado, o camisa 3 apoiou a zaga e deixou Wesley livre para ajudar Ganso e Michel Bastos a criarem as jogadas. Mais discreto na partida, o volante – que também é zagueiro – se fez praticamente de um defensor e procurava dar os primeiros passes que iniciavam as jogadas ainda pela zaga Tricolor. NOTA: 6.5

WESLEY [VOLANTE]: A melhor partida do volante com a camisa Tricolor, não apenas pelo gol marcado após o rebote do goleiro que espalmou um chute de Centurión, dando o trabalho de Wesley apenas empurrar para o fundo do gol. Desta vez, o volante teve papel de criação, trocou passes, chegou ao ataque e estava sempre nas jogadas de perigo. Chegou até a recuperar a bola driblando os vascaínos. NOTA: 7.5

PH GANSO [MEIA]: Jogou? Não criou, não defendeu… tocou a bola de lado, para trás, tentou alguns lançamentos, na maioria dos casos – errados. Wesley armou muito mais o meio de campo do que o sumido camisa 10. Não há muito o que destacar de Ganso no jogo. Sofreu uma falta… Deu lugar ao Boschilia no segundo tempo. NOTA: 4.0

MICHEL BASTOS [MEIA]: Jogou muito bem, soube aproveitar o descuido das laterais do Vasco para criar jogadas. Fez uma ótima parceria com Centurión e Alexandre Pato. Muito ágil em campo, o camisa 7 foi o responsável pelo segundo gol do São Paulo na partida após cruzamento de Pato pela esquerda, Michel empurrou para o fundo do gol, ainda no primeiro tempo. NOTA: 8.5

ALEXANDRE PATO [ATACANTE]: O grande destaque do time em campo ao lado de Centurión. Fez o primeiro gol do jogo, depois de Centurión brigar na área e tocar para o camisa 11 em uma confusão na grande área, para então Pato fuzilar o goleiro Charles do Vasco. Pato também deu uma assistência de gol para Michel Bastos logo em seguida, em um cruzamento preciso. Criou muitas oportunidades de gol. Osorio procurou se compactar na segunda etapa e tirou Pato para a entrada de Hudson. NOTA: 9.5

CENTURIÓN [ATACANTE]: Centudibrón, SuperCenturión, com certeza um dos destaques da partida ao lado de Pato! O argentino desnorteou os defensores Vascaínos, uma pena não ter deixado sua marca na partida, mas não faltaram oportunidades, o camisa 20 teve muitas chances, e se esforçou bastante para marcar um gol, mas ele não saiu. Em contra-partida deu o passe para Pato no primeiro gol, com muita raça o argentino criou a jogada, perdeu a bola, mas recuperou dando uma assistência! No quarto gol, o zagueiro Rodrigo (ex- São Paulo) ficou tonto com “las pedaladas” de Centurión que chutou cruzado, mas Charles defendeu dando rebote par ao gol de Boschilia. NOTA: 10!

————-

SUPLENTES:

MATHEUS REIS [LATERAL ESQUERDO]: Entrou no lugar de Reinaldo no segundo tempo, arriscou-se em boas jogadas de ataque. O jovem atleta, deixou Riascos se aproveitar em jogadas pela lateral esquerda no começo do segundo tempo, perdendo mais dois gols. Matheus Reis foi o grande responsável por criar os contra-ataques na segunda etapa, com muita velocidade o camisa 4 chegou a fazer fila com os cariocas. Trabalhou bem com Michel Bastos. NOTA: 7

HUDSON [MEIA]: Entrou no lugar de Pato no segundo tempo. Com o Vasco dominando a posse de bola após o terceiro gol do São Paulo, o técnico Osorio preferiu se defender e colocou o meia Hudson, deixando Centurión sozinho no ataque. Hudson ajudou a defesa e à Wesley na criação de jogadas pelo lado direito do campo, que não foi tão explorado, já que Matheus Reis foi o encarregados dos contra-ataques. NOTA: 6

BOSCHILIA [MEIA]: Entrou no lugar de Ganso para dar mais agilidade ao ataque, e apesar de entrar no lugar do meia PH Ganso, Boschilia se aproximou de Centurión no ataque. Fez uo último gol do jogo, após rebote do goleiro Charles, a bola rebateu no camisa 8 e entrou. NOTA: 7

TÉCNICO OSORIO: Ótima visão de jogo, não poderia ter feito algo melhor ao deixar Centurión como titular, o argentino acabou com o jogo! Certamente Luis Fabiano não foi lembrado pela torcida nesta noite no Mané  Garrincha. Há tempos que todos nós pedimos Centurión como titular. Armou bem a equipe, manteve a velocidade de Thiago Mendes na lateral direita. No segundo tempo recuou o time após ter 3 gols de vantagem ao colocar Hudson no lugar de Pato. NOTA: 9

+ Confira como foi o jogo e os gols da partida

SPFC2

SÃO PAULO: Muito bom! Voltou com o jogo bonito que apresentou nas primeiras rodadas, ou pelo menos, quando Osorio assumiu a equipe, novamente com muita posse de bola, muitas jogadas de gol, lances de perigo, zaga confiante. Vale lembrar que o time do Vasco esteve perdido em campo, a zaga carioca é muito fraca e a marcação é quase ineficaz. Não é de se criar ótimas expectativas, além do mais o time carioca dominou o jogo em muitos momentos com a bola no ataque. Não sabemos se o pagamento de salário foi o responsável pela mudança de postura que realmente aconteceu em campo. NOTA:8.5

VASCO: Perdido em campo! A zaga é muito fraca, a marcação falha por muitas vezes. O meio de campo do Vasco não cria jogadas de boa qualidade. Um time que utiliza muito as laterais de campo para armar as jogadas, deixando claro ao São Paulo que era a sua especialidade. É válido lembrar que o atacante Riascos perdeu 3 gols cara a cara com Rogério e o zagueiro Tolói tirou uma bola em cima da linha, não soube aproveitar as chances, poderia ter dado trabalho ao Tricolor. NOTA: 5

+ Lugano está livre para negociar com qualquer clube, veja o que pensas a diretoria Tricolor

JOGO: O jogo foi bom, de muitos gols por sinal – 4 gols, e todos para o Tricolor, o que é melhor ainda! O jogo não esteve sob os pés do São Paulo os 90 minutos, o Vasco dominou a posse de bola por muito tempo, mas não soube aproveitar as chances de gol. Já o São Paulo foi eficaz tanto na defesa quanto no ataque. NOTA: 8

ARBITRAGEM: Deixou de dar um penalti muito claro para o São Paulo, quando Pato foi derrubado na grande área após se livrar do defensor vascaíno, detalhe que o juiz estava muito próximo do lance e não assinalou a penalidade. Os bandeirinhas foram muito bem, e de resto não houveram lances discutíveis. O penalti não marcado poderiam interferir no resultado do jogo, se o São Paulo não estivesse vencendo por 3 x 0 no lance do penalti. NOTA: 6

== O CARA DO JOGO ==

SPFC1

Hoje é uma dupla! Centurión e Alexandre Pato são os caras do jogo, o argentino acabou com o Vasco com seus “dibres” e jogadas de armação, deu assistência para gol e correu muito no jogo, quase deixou o dele… Já Alexandre Pato fez um deu um passe, e que passe! um belo cruzamento para Michel Bastos que também foi bem na partida.

#AVANTEMEUTRICOLOR!!!

O que achou?

Escrito por Kaique