in

ATUAÇÕES – São Paulo x Trujillanos-VEN

Enfim o São Paulo convenceu e venceu o time venezuelano com propriedade e fez sua maior goleada na história da Libertadores: 6 x 0

Nesta terça-feira (05), o Tricolor voltou a atuar no Morumbi em jogos pela taça Libertadores da América, e voltou a todo vapor, o time jogou muito e humilhou um fraquíssimo adversário, o Trujillanos da Venezuela.

Veja abaixo as notas dos jogadores do São Paulo:

Denis [GOL] – Quase não trabalhou, quando a bola chegou o goleiro fez defesas seguras. NOTA: 6,0

Bruno [LAD] – Bem participativo, cumpriu bem sua função tática. NOTA: 6,5

Maicon [ZAG] – Seguro em todas jogadas defensivas. NOTA: 6,5

Rodrigo Caio [ZAG] – Ótimo jogo, seguro na defesa, além de fazer a bola chegar “redonda” nos pés dos meias e volantes. NOTA: 7,0

Mena [LAE] – Soube defender e atacar com precisão, ofensivamente foi quase perfeito, participou grandemente de dois dos seis gols do São Paulo, destaque pro genial corta luz no gol de João Schmidt. NOTA: 7,0

Hudson [VOL] – Cobriu os laterais com perfeição, tentou algumas finalizações, porém sem sucesso. NOTA: 6,5

João Schmidt [VOL] – Um dos melhores em campo, com uma grande visão de jogo, fez lançamentos precisos, e com grande poder de infiltração, além de marcar um belo gol. Olho nele. NOTA: 7,5

Kelvin [MEIA] – Fez grandes jogadas pela direita, ótima movimentação, e quando precisou voltou para ajudar a defesa. NOTA: 7,5

PH Ganso [MEIA] – jogou muito, atuação digna de um verdadeiro camisa 10, distribuiu dribles, como sempre dando passes com precisão, apesar de dar uma bonita assistência para o gol de João Schmidt. NOTA: 8,0

Michel Bastos [MEIA] – Bela partida, jogou com vontade, fez um primeiro tempo impecável, com assistência e belas jogadas de efeito. Naturalmente caiu de rendimento na metade do segundo tempo. NOTA: 7,0

Calleri [ATA] – Sem dúvidas o melhor em campo, beirou a perfeição, desmarcou-se facilmente em todas jogadas, tem um poder de finalização incrível, sofreu dois pênaltis em que ele mesmo cobrou, é bem verdade que desperdiçou um deles, porém fazer quatro gols em uma partida de Libertadores não è pra qualquer um. NOTA: 10

Edgardo Bauza [TEC] – Fez o que devia ter feito, foi pra cima do adversário, e os jogadores corresponderam em campo, com sobras foi a melhor apresentação no ano. NOTA: 7.0

SUPLENTES

Lucão [ZAG] – Fez desarmes precisos, e deu uma assistência para o 6° gol, jogo para dar confiança a ele. NOTA: 6,5

Thiago Mendes [VOL] – Entrou ao melhor estilo Thiago Mendes, com vontade, fez duas grandes jogadas, sem sucesso nas conclusões. NOTA: 6,5

Lucas Fernandes [MEIA] – Quase não pegou na bola. SEM NOTA

O que achou?

Escrito por Lucas Kamilo