Home > Destaques > ATUAÇÕES – São Paulo 2 x 0 Botafogo-SP

ATUAÇÕES – São Paulo 2 x 0 Botafogo-SP

Nenê, Rodrigo Caio e Reinaldo vão bem, Diego Souza e Cueva marcam, e São Paulo vence o Botafogo, no Morumbi

Mesmo com uma partida fraca, o Tricolor venceu o time de Ribeirão Preto no Morumbi, e assume a liderança de seu grupo no campeonato estadual.

Confira abaixo as notas individuais dos são-paulinos no jogo de hoje;

Sidão [GOL] – O “guarda-redes”  tricolor fez grandes ao menos três grandes defesas, e ajudou o São Paulo a sair com a vitória nesta tarde. NOTA: 6,5.

Éder Militão [LAD] – Defensivamente é indiscutível que cumpre seu papel, mas atacando o jovem deixa a desejar. Novamente, não deu opção aos meias e pontas, com ultrapassagens. NOTA: 5,5.

Bruno Alves [ZAG] – Fez bom cortes e sofreu o pênalti que originou o segundo gol. NOTA: 6,0.

Rodrigo Caio [ZAG] – Grande jogo do beque. Com bons cortes, interceptações e saída de jogo, Rodrigo Caio foi um dos melhores em campo (ao meu ver, o melhor). NOTA: 7,0.

Reinaldo [LAE] – Assistência e bom poder ofensivo do “Kingnaldo”. Mostrou que é superior ao Edimar (Algo que não é muito difícil). NOTA: 7,5.

Jucilei [VOL] – Como sempre fez bem o papel de primeiro volante. Saída de jogo com qualidade e muito bem nas “missões” defensivas. NOTA: 6,0.

Petros [VOL] – Abaixo do que pode render. NOTA: 5,0.

Marcos Guilherme [PTD] – Jogo abaixo da média do “mini bolt”. NOTA: 5,5.

Nene [MEIA] – Participativo e cooperativo, mostrou que pode ser peça fundamental para o restante da temporada. NOTA: 7,0.

Brenner [PTE] – Praticamente não finalizou ao gol. Em um contexto geral, não foi bem. NOTA: 5,0.

 

Diego Souza [ATA] – Bom posicionamento em campo. Esteve no lugar certo para marcar seu gol. NOTA: 6,5.


SUPLENTES:

Shaylon [MEIA] – Pouca participação na partida. SEM NOTA.

Edimar [LAE] – Quase não participou. NOTA: 5,5.

Cueva [PTE] – Entrou e mudou o o panorama do jogo. Ajudou o meio-campo ser mais coeso e buscou jogo a todo instante. Fez o gol e pediu desculpas a nação tricolor na comemoração. Atitude de homem, é isso que queremos: Futebol e respeito. NOTA: 7,0.


Dorival Junior – Escalou o time com muita ofensividade e fez o que era óbvio, tirar Edimar. No segundo tempo “queimou” uma substituição pela lesão de Reinaldo. Dessa vez não vacilou, mas precisa treinar mais esse time que não tem padrão nenhum de jogo. NOTA: 6,0.


São Paulo: Fez um péssimo primeiro tempo, mas melhorou muito na etapa final. Mesmo com muitos sustos, soube se impôr para poder fazer valer a camisa e o mando de campo. NOTA: 6,0.


Pior em campo: Petros
Melhor em campo: Reinaldo, com destaque para Nenê, Rodrigo Caio e Cueva

FOTO: Rubens Chiri / saopaulofc.net