Home > Destaques > Atuações – Atlético-GO 0 x 1 São Paulo

Atuações – Atlético-GO 0 x 1 São Paulo

ATUAÇÕES

SIDÃO [GOLEIRO]: Pouco foi acionado na partida, quando preciso em um chute do Atlético-GO na segunda etapa, foi muito bem e não deu rebote. NOTA: 6,0

RODRIGO CAIO [ZAGUEIRO]: Atuou com bastante segurança, foi preciso nos desarmes e não permitiu que o ataque adversário se aproximasse da área são-paulina fazendo o primeiro combate adiantado. NOTA: 6,5

ARBOLEDA [ZAGUEIRO]: Mais uma vez o equatoriano deu conta do recado. O camisa 4 foi preciso na marcação e não deu nenhum espaço para o time goiano. NOTA: 6,5

EDIMAR [LATERAL ESQUERDO]: O camisa 16 fez uma partida de regular para boa, principalmente no primeiro tempo soube fazer a aproximação com Cueva no campo de ataque, já na segunda etapa caiu um pouco de rendimento. NOTA: 6,0

ARARUNA [LATERAL DIREITO]: Jogando no lugar de Militão, o jovem lateral não demonstrou um futebol de destaque, fez o famoso feijão com arroz. Pouquíssimo apareceu no campo de ataque, ficando mais atento a parte defensiva. Saiu para a entrada de Aderllan nos minutos finais. NOTA: 5,5

JUCILEI [VOLANTE]: Mais uma bela exibição de Jucilei. A cada jogo o camisa 25 mostra o porquê deve ficar no São Paulo para o ano que vem. Desarmes precisos, início de contra-ataques, alguns dribles dignos de atacante, ótima partida do volante. NOTA: 7,5

PETROS [VOLANTE]: Jogou muito bem, principalmente na parte ofensiva ao lado de Hernanes, soube chegar a frente com bastante qualidade e não abandonou Jucilei na marcação. Foi dos pés de Petros que saiu o gol são-paulino na partida. após arrancada do camisa 6 pelo meio e passe preciso para Pratto na direita que tocou para Hernanes balançar as redes. NOTA: 7,5

HERNANES [MEIA]: Falar o quê? O cara é show de bola! Mais uma vez o capitão são-paulino resolveu a parada e com grande estilo. Após cruzamento preciso de Pratto pela direita, o camisa 15 finalizou de peito para o gol, um golaço! Além do tento, Hernanes foi o articulador do meio de campo, criou muitas jogadas o tempo inteiro, não tem descrição! NOTA: 10

MARCOS GUILHERME [ALA]: Não apareceu tanto como no último jogo, mas foi esforçado em todas as jogadas que disputou. Sempre em velocidade, o garoto buscou jogadas de criação para servir o atacante Pratto. NOTA: 6,5

CUEVA [ALA]: Não foi o mesmo destaque do clássico, mas também não deixou a desejar. O peruano que se despede momentaneamente do Tricolor, pois agora segue em viagem com a seleção peruana e deve retornar daqui a três rodadas. Na partida, buscou jogadas de velocidade e armou muitos contra-ataques, deu lugar para Shaylon no meio do segundo tempo. NOTA: 6,5

LUCAS PRATTO [ATACANTE]: Dessa vez o atacante não fez um jogo tão bom, mas deve-se exaltar a assistência precisa para o gol de Hernanes. O argentino pegou de primeira na bola para servir o autor do gol. De resto, Pratto perdeu algumas oportunidades de gol, isolou uma bola na primeira etapa sem muita explicação. No segundo tempo quase ampliou, mas a zaga travou em cima, seria difícil para o goleiro. Deu lugar para Gilberto no final. NOTA: 7

DORIVAL JR – TEC: Sem inovação, manteve o time vencedor das últimas rodadas e soube ir para cima do Atlético-GO. Optou por Araruna no lugar de Militão, ao invés de utilizar Buffarini que é lateral de origem, mas o garoto não jogou mal e por isso não torna um ponto negativo para o treinador. No geral foi bem, fez boas mexidas e soube controlar o time em campo. NOTA: 7,5


SUPLENTES:

SHAYLON [ALA]: Entrou no lugar de Cueva na metade do segundo tempo. Não apareceu praticamente na partida, por azar não esteve em nenhum lance de destaque na segunda etapa, mas já mostrou que tem um talento com a bola nos pés. NOTA: 5,5

+ Leia a crônica e assista aos melhores momentos da vitória do Tricolor em Goiás!

GILBERTO [ATACANTE]: Entrou no lugar de Pratto nos 10 minutos finais da partida, não teve nenhuma oportunidade de finalizar e pouco participou. SEM NOTA

ADERLLAN [LATERAL DIREITO]: Entrou no lugar de Araruna que sentiu uma cãibra já praticamente nos acréscimos. Fez o trabalho de marcação após uma pressão dos goianos no finalzinho da partida, mas sem avaliação. SEM NOTA

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net