Home > Destaques > Até nunca mais Pinotti

Até nunca mais Pinotti

Vinicius Pinotti pediu demissão e deu adeus ao São Paulo Futebol Clube após divergências com o presidente Leco

Nesta quarta-feira, o ex-diretor executivo de futebol, Vinícius Pinotti pediu demissão do cargo.

Em meio a negociações para a temporada de 2018, o dirigente discordou de algumas atitudes do presidente e entregou a carta de demissão agora há pouco.

Levo escolheu Pinotti para comandar o futebol tricolor após vencer a eleição de abril, dessa forma, o nome mais provável para assumir o cargo é Raí.

Zetti e Lugano também têm seus nomes ventilados.

Segundo o próprio Pinotti, o motivo principal de seu pedido de demissão foi uma possível negociação do atacante Lucas Pratto, sem que o diretor ficasse sabendo.

Pinotti é contra a venda do argentino, não gostou de como o fato vinha sendo tratado, discordou com Leco e entregou a carta de demissão.

Outro fato que estão falando é que algumas negociações Leco estava tratando sozinho e nem avisava Pinotti, como o caso da troca entre Júnior Tavares e Lucca, que foi oferecido ao São Paulo pelo empresário Fernando Garcia, com quem o presidente tem ótima relação.

Há também uma alegação de que o ex-diretor de futebol fez uma investida para contratar o técnico Jair Ventura, que atualmente está no Botafogo, há aproximadamente três semanas, sem Leco saber. Ou seja, haveria uma divergência interna sobre a permanência de Dorival para 2018.

E por fim uma questão de vaidade, na despedida de Lugano, só o presidente falou durante a entrevista coletiva e não passou o microfone para Pinotti, o que também teria causado indisposição interna.

As negociações que já estavam em andamento (goleiro Jean e Jucilei) serão conduzidas por Alexandre Pássaro, que é advogado do departamento de futebol.

Há muitas especulações sobre a saída do ex-diretor de futebol. O fato é que o clube está uma bagunça, podemos perceber isso quando Pinotti, que não era a melhor pessoa para o cargo pede demissão por não concordar com o presidente. Que em 2018 o clube consiga se ajeitar e brigar por títulos.

FOTO: Divulgação