in

Após confusão de sábado, o São Paulo terá de gastar mais dinheiro com segurança

São Paulo recebe notificação do Sindicato dos Jogadores Profissionais após “agressões” de sábado e terá de melhorar o efetivo de segurança dos atletas

A torcida do São Paulo se irritou e muito após a derrota por 3×0 contra o Goiás no Morumbi no último sábado e chutaram os carros de Michel Bastos e Ganso. Os seguranças do São Paulo precisaram ser acionados para conter os agressores na porta do Morumbi. Além dos chutes, houve também muitos xingamentos aos jogadores. O técnico Osorio assumiu a culpa pela derrota.

“Se alguém falhou hoje (sábado), essa pessoa foi eu”, disse o treinado após a derrota.

A torcida ainda fez menção ao ex-zagueiro Tricolor, Diego Lugano, que teve seu nome cantado por muito tempo pelos torcedores do tricolor.

+ LUCÃO DISSE QUE NÃO SE ACOSTUMOU A JOGAR COM TRÊS ZAGUEIROS E FALOU SOBRE LUGANO

Devido ao ocorrido, o Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo notificou o São Paulo por conta da tentativa de agressão aos jogadores na noite do último sábado.

Dessa forma, o Sindicato cobra do tricolor, o aumento do efetivo da segurança privada em todas as atividades em que os atletas estejam presentes, ou seja, treinos, jogos e traslado para hotéis e aeroportos em dias de viagens.

O Sindicato também solicita à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo a permanência de policiais militares nas dependências do clube pelo menos próximos dias 30 dias.

sindicato1sindicato3

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara