Home > Destaques > Análise elenco 2018 – Atacantes

Análise elenco 2018 – Atacantes

Neste fim de ano, faremos uma análise dos jogadores que vestiram a camisa do Tricolor em 2018 e opinar sobre sua temporada. Agora, a vez dos atacantes 

Nosso sexto “episódio” será com os atacantes, jogadores que são responsáveis por mandar a bola pra dentro das redes adversárias.

Veja aqui nossa análise sobre eles e comente você também:

Diego Souza: Tratado como má contratação, terminou o ano como artilheiro do time. Contrato até 31/12/2019

OPINIÃO: Se não fossem seus gols, muitos deles decisivos, não teríamos se quer chegado à liderança do campeonato brasileiro. Pesado? Sim, mas muito participativo e eficiente.


Santiago Trellez: Fez gols importantes, como na vitória contra o Vasco (que nos deu a liderança) e no empate suado contra o Flu. Contrato até 12/07/2019

OPINIÃO: Na minha humilde opinião, merece sim seguir em 2019. Claro que caiu de rendimento, mas quem não caiu? 


Gonzalo Carneiro: Sua temporada não foi a das melhores, mas pode sim seguir para 2019. Contrato até  31/03/2021

OPINIÃO: O ano de 2018 não foi como ele queria, mas ao contrário de muitos, não sofreu tanto com a queda do time. Lesões o atrapalharam.


Anthony: Subiu ao elenco profissional e não teve tantas oportunidades. Quando jogou, mostrou ter potencial. Contrato até 30/06/2020

OPINIÃO: Quero ver mais este jovem em campo. Na base arrebentou e tem tudo para ajudar o time em 2019.


Brenner: Precisa amadurecer o mais rápido possível. Fez boas partidas este ano, mas foi expulso de forma infantil diante do Colón, no Morumbi. Contrato até 12/09/2022

OPINIÃO: Gosto do seu estilo de jogo, mas odeio o jeito “infantil e mimado” dele.


Caíque: Mostrou ter muito potencial. Pode ajudar muito o time em 2019. Contrato até 12/09/2022

OPINIÃO: Nas poucas vezes que entrou, deu entender que terá um bom futuro. Rapidez, bons dribles e sem medo de ir pra cima dos adversários. Contrato até 30/06/2022

OBS.: Bissoli e Pedro Bortoluzzo ficaram sem avaliação.

FOTO: Divulgação