Aí é trabalho também, meu filho?

Tricolor anda com aproveitamento ruim no ataque e Ricardo Gomes terá de trabalhar muito para ajustar a equipe, que ainda não se reergueu após a eliminação na Libertadores

O técnico Ricardo Gomes assumiu a equipe tricolor nesta terça-feira (16), concedendo entrevista coletiva e assistindo ao treino dos atletas no CT da Barra Funda, confirmando então sua segunda passagem pelo Clube do Morumbi.

O torcedor são-paulino deve lembrar, e muito bem, da expressão usada por Muricy Ramalho, quando comandante: “Aqui é trabalho, meu filho!”. Essa frase cabe bem ao novo técnico do clube paulista, já que a fase não é nada boa.

Desde a eliminação na décima semi-final de Libertadores de sua história, o São Paulo ainda não se reergueu e, desde então, foram 6 jogos, com 3 derrotas, 2 empates e apenas uma vitória.

+ VEJA O NOSTALGIA TRICOLOR DESSA SEMANA

A equipe são-paulina, na maioria dos casos, domina os jogos, mantém a posse de bola, porém nunca é agressivo suficientemente para matar o jogo. Fato que tem acontecido há muito tempo, o torcedor sabe bem disso.

O elenco é especulado e muito desacreditado. É considerado fraco, mesmo não tendo péssimas apresentações.

Para André Jardine, técnico interino que deixou o cargo no último domingo (14), o que está faltando para a equipe é pontaria nas conclusões das jogadas.

Para ele, Ricardo Gomes terá de trabalhar forte nesse quesito, forçar nos treinamentos, para que a solução seja encontrada. O técnico ainda complementou sua fala, dizendo que o tricolor dominou o jogo em sua despedida, no domingo, contra o Botafogo.

+ MAIS: ÃO, ÃO, ÃO! LYANCO É SELEÇÃO!

O primeiro duelo da equipe são-paulina sob o comando do carioca será no próximo domingo (21), contra o Internacional, no Beira-Rio, às 16h15. Para preparar a equipe, o treinador tem a semana livre. O confronto é válido pela vigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *