Home > Destaques > Aguirre: “Meu time me dá confiança”

Aguirre: “Meu time me dá confiança”

O treinador falou após a derrota que confia na equipe e que ainda tem muito jogo pela frente. Colón e São Paulo se enfrentam de novo no dia 16/08

Aguirre falou em entrevista coletiva após o jogo de ontem, em que tentamos fazer o gol, mas com dez atrás na retranca fica difícil…

“Me senti orgulhoso pelas grandes vitórias, e temos que assumir que pode acontecer uma derrota. O que não pode acontecer é que essa derrota nos mude em alguma coisa”, falou. 

O treinador confia que é possível reverter o resultado negativo de 1×0 para manter o São Paulo na briga pelo bicampeonato da Sul-Americana.

“Tem muitas coisas que posso pensar do jogo, que não entramos totalmente focados, 100% como vínhamos fazendo no Campeonato Brasileiro. No futebol, se você não entra absolutamente ligado, pode acontecer isso, como não encontrar o jogo. Fizemos bons jogos em casa, como contra o Corinthians (3 x 1), que propusemos jogo”, disse. 

“São coisas que acontecem, mas queríamos encaminhar a classificação. O que posso falar é que acabou o primeiro tempo perdendo por 1 a 0, e temos muito jogo pela frente. É muito difícil, mas meu time me dá confiança e temos muito jogo pela frente para ver o que acontece. Ainda não está decidido quem vai se classificar”, ressaltou. 

Antes da derrota de ontem, o Tricolor vinha de uma sequência muito positiva em casa. 

“Talvez ficamos um pouco nervosos e isso não pode acontecer. Nós vínhamos de uma sequência boa, mas eu sempre falo de respeitar todos os rivais. Acho que nos custou pensar em outra competição. Não falo isso como uma desculpa, e falei para os jogadores no intervalo, que nós poderíamos jogar mais, sabemos jogar melhor”, afirmou. 

“Na Argentina será outra história. Nós podemos fazer um jogo melhor como já fizemos muitas vezes. Temos que acreditar nas coisas boas que estamos fazendo. Vamos ter, mais adiante, a segunda parte desta história para ver como acaba. Logicamente não estou feliz, esperava outro jogo. A próxima partida vai definir quem se classifica, e teremos nossas armas, variações, para ganhar em Santa Fé, que é difícil, mas não pensamos que seja impossível”, finalizou.

Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net