Home > Destaques > A contribuição de Muricy Ramalho na reação do São Paulo

A contribuição de Muricy Ramalho na reação do São Paulo

O ex-treinador contribuiu de forma informal ao clube, sem ter vínculo trabalhista, já que atualmente ele é comentarista dos canais SporTV

Após o empate de 2 a 2 com a Chapecoense na última quinta-feira, Dorival Júnior exaltou a ajuda do amigo e ex-treinador do Tricolor, Muricy Ramalho.

Quando o time estava nas últimas posições, a torcida pedia a contratação de Muricy como coordenador técnico, mas por conta do cargo de comentarista nos canais SporTV, ele deixou claro que não iria aceitar nada que criasse um o vínculo dele com o clube.

Sendo assim, ficou combinado que Muricy iria ajudar o São Paulo de outra forma, apenas conversando com a comissão técnica, e no empate contra a Chapecoense, Dorival Júnior exaltou a ajuda do amigo.

LEIA MAIS:
+ Relacionados – Grêmio x São Paulo
+ Tudo sobre o jogo desta noite 

Muricy falou sobre quando foi ao CT da Barra Funda, “Temos amizade, as famílias se conhecem, mas por conta da distância não conversávamos sempre. Mas voltamos a falar. Fui ao CT em um horário que não estavam jogadores e imprensa. Conheci a comissão técnica dele. Depois, um dia jantamos na casa de um amigo um comum”.

“A primeira coisa que fiz quando fui para o CT foi perguntar para o Júnior e para o psicologa [Anahy Couto], que trabalha no clube há bastante tempo e eu a conhecia, como era o ambiente”. Muricy continuou, “eles me falaram que é muito bom e os jogadores são muito profissionais. Então fiquei tranquilo, porque o São Paulo era muito melhor do que os outros times [que tentavam sair da zona do rebaixamento]. Bom técnico aliado com bons  jogadores, no momento que fosse dar liga, não podia dar outra coisa”

O São Paulo enfrenta hoje a noite o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Se vencer, chega aos 48 pontos e se livra de vez do assunto rebaixamento.

Foto: Divulgação