in , ,

Histórias do Tri – Ceni foi “enganado” para jogar a final

Departamento Médico enganou Ceni para que ele jogasse a final do Mundial em 2005.

Hoje completamos 11 anos da conquista do Mundial de Clubes, mas a história poderia ter sido diferente… Rogério Ceni quase não jogou aquela partida, nas vésperas da final o goleiro sofreu uma lesão de menisco no joelho direito, mas foi “enganado” pelo departamento médico para que jogasse a final.

A lesão ocorreu em um dos treinos preparatórios para o embate diante do Liverpool, quando na execução de um dos saltos, ou “Pontes” como é denominado o movimento exercido pelos goleiros, Rogério sentiu um estralho no joelho e logo comunicou o departamento médico, deixando o exercício de lado.

Hoje diretor de futebol, o Dr. Marco Aurélio Cunha conta que nos exames feitos na hora para diagnosticar o que havia acontecido, o doutor logo viu que se tratava de uma lesão no menisco do joelho direito, o que limitava a movimentação necessária para um goleiro.

Diante de toda a expectativa da partida, a comissão técnica e o departamento médico não queriam que Rogério ficasse de fora da partida mais importante da sua carreira até ali, então “enganaram” o M1TO dizendo que ele poderia jogar e que quando chegasse no Brasil seria feito um outro diagnóstico.

+ Relembre a final em Yokohama na emoção da torcida são paulina!

Com dores no joelho, Rogério Ceni ficou de fora do último treino. O resto da história todos nós sabemos! Um fato curioso é que na lendária cobrança de falta de Steven Gerrard em que Ceni faz a sua defesa mais bonita da barreira, o goleiro ajusta a barreira invertida, justamente para forçar que o inglês batesse no seu lado esquerdo, portanto não utilizaria o joelho direito como apoio e assim foi!

Resultado de imagem para ceni 2005

O que achou?

Escrito por Kaique