Home > Base Dourada > O Maestro de Cotia

O Maestro de Cotia

Jardine exalta garotos da base e fala em observação de Ceni sobre Shaylon.

O técnico Jardine do sub-20 fez questão de parabenizar a garotada Tricolor por mais um ano recheado de títulos, afinal somente em 2016 o São Paulo conquistou na categoria a Libertadores (inédita para clubes brasileiros), Bicampeonato da Copa do Brasil, Campeonato Paulista e está na semifinal da Copa RS, a mesma que o São Paulo também levou no ano passado.

É uma geração especial, muito talentosa, e com meninos realmente vencedores. Tem meninos dessa geração que já foram até vendidos, como o Boschilia, que está na França. Alguns que já estavam no profissional há bastante tempo, que são os casos do Lucão e do Auro. 

A expectativa está bastante grande. Eles estão muito ansiosos esperando essa definição que passa muito pela escolha do Rogério Ceni de quais meninos que ele vai usar e quais vai liberar para eu emprestar. Com certeza os jogadores estão vivendo um momento de bastante ansiedade” – disse Jardine.

+ Rivais desistem e Tricolor avança fase na Flórida Cup. Confira!

Um dos destaques do time sub-20 é o meia atacante Shaylon, um dos artilheiros da equipe e um clássico “camisa 10”, o jogador enche os olhos do novo treinador Tricolor pela sua categoria. O jogador deve ser analisado com mais atenção, o próprio Rogério já o viu jogar algumas vezes, principalmente nas últimas partidas quando esteve presente.

Entretanto Shaylon pertence a Chapecoense e está emprestado ao São Paulo, a diretoria já busca renovar o contrato com o meia e para isso terá que desembolsar R$ 500 mil ao time de Chapecó.

O Shaylon é um meia, que até em alguns momentos eu usei como falso 9, mas é um camisa 10 clássico, chega bastante na área, gosta de fazer gol. Com certeza é um nome que o Rogério viu, vai continuar observando, e em algum momento vai ter sua oportunidade no profissional” – comentou Jardine.

Resultado de imagem para shaylon spfc